Trabalhadores portuários começam a ser vacinados contra a Covid-19 no Paraná

Antonina, Paranaguá e São José dos Pinhais foram os municípios contemplados com as doses. O secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, acompanhou o início da imunização destes profissionais no Centro de Vacinação de Paranaguá

O Paraná começou a vacinar trabalhadores portuários e aeroportuários contra a Covid-19 nesta sexta-feira (28). As doses da vacina AstraZeneca/Fiocruz destinadas a estes grupos foram enviadas pelo Ministério da Saúde nesta semana. 

Antonina, Paranaguá e São José dos Pinhais foram os municípios contemplados com as doses. As duas cidades do Litoral possuem terminais da empresa pública Portos do Paraná e deverão imunizar todos os profissionais vinculados. Já o município da Região Metropolitana de Curitiba contemplará os trabalhadores aeroportuários.

“É um dia importante com a chegada dessas doses para proteger nossos trabalhadores portuários, que não pararam desde o início da pandemia. Neste período o Porto ampliou a capacidade de carga e descarga, bateu recordes e ganhou prêmio de melhor porto do Brasil, por isso a nossa gratidão em nome de todo o Paraná para esses trabalhadores que agora estão sendo imunizados”, disse o governador Carlos Massa Ratinho Junior. 

PARANAGUÁ

O secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, acompanhou o início da imunização destes profissionais no Centro de Vacinação de Paranaguá, localizado na antiga Estação Ferroviária. O município recebeu ainda pela manhã 8.412 doses, além do residual da reserva técnica, somando 9.250 vacinas. 

“Neste momento em que outras cepas começam a circular no mundo todo, os trabalhadores portuários têm que estar vacinados. Acompanhamos a largada da vacinação aqui em Paranaguá, e temos a expectativa de vacinar todos os profissionais desta área até domingo. O objetivo do Estado e a orientação do nosso governador Ratinho Junior é essa, descentralizar as doses rapidamente e fazer com que as vacinas cheguem até os paranaenses”, afirmou.

A ação em Paranaguá teve início às 11h desta sexta-feira (28) e deve permanecer até as 22h, dependendo da demanda. No sábado (29) e domingo (30), as equipes atenderão das 8h às 18h. 

“Nossa preocupação com relação ao porto é principalmente por conta do surgimento de novas variantes e o Governo do Estado, em apoio aos nossos trabalhadores, em dois dias desde a chegada das vacinas, já disponibilizou essas doses para a área portuária”, ressaltou o prefeito de Paranaguá, Marcelo Roque. 

Edmilson Viana Porto, 59 anos, chegou cedo ao local de vacinação em Paranaguá e foi o primeiro trabalhador portuário vacinado no Paraná. “Fico muito feliz em poder tomar a vacina e ser imunizado no meio desta pandemia. É um dia muito especial porque teremos um pouco mais de tranquilidade e poderemos continuar trabalhando”, disse.

PORTOS DO PARANÁ 

A empresa Portos do Paraná possui um Comitê de Contingências para a Covid-19 desde o início do ano passado, incluindo todas as áreas de trabalho, para assegurar a proteção dos trabalhadores. 

O secretário de Estado da Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, também participou da ação em Paranaguá e falou sobre o trabalho. “O Paraná deve muito aos portuários e, além da vacina, estes profissionais têm o nosso agradecimento pelo trabalho desenvolvido. Quero agradecer também a operação montada pelas prefeituras para garantir celeridade nesta aplicação para que possamos vacinar todos os portuários o mais rápido possível e evitar a chegada dessa cepa indiana ao nosso Estado, principalmente através dos Portos”, disse. 

O diretor-presidente da Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia comentou sobre a expectativa dessa área pela vacina. “Os trabalhadores portuários se entregaram a todo momento para que a operação do Porto continuasse funcionando. A preocupação do governador foi principalmente promover segurança a esses trabalhadores. Tivemos mais de R$ 10 milhões investidos garantindo a saúde aos profissionais e agora, com a chegada da vacina, esse momento se torna histórico para todos nós”, disse. 

ANTONINA 

Para o município de Antonina a Secretaria de Saúde enviou 490 doses, já somando a reserva técnica para atendimento aos profissionais portuários. A imunização dos profissionais está sendo realizada no estacionamento da Casa de Cultura, ao lado do Teatro Municipal, desde as 15h desta sexta-feira (28), com expectativa de atendimento até a meia-noite para finalização de todo o grupo.

Caso falte algum profissional, a imunização será retomada na segunda-feira (31) a partir das 8h.

SÃO JOSÉ DOS PINHAIS 

A cidade da Região Metropolitana de Curitiba receberá 850 doses, somando a reserva técnica para atendimento aos profissionais aeroportuários. O envio destas vacinas ao município será realizado na próxima segunda-feira (31) e a aplicação dos imunizantes está sendo definida pela equipe municipal. 

PROFISSIONAIS 

Os trabalhadores portuários ligados a Portos do Paraná foram divididos em três grupos para a vacinação. Os profissionais que tiverem dúvidas sobre a imunização poderão consultar as informações com as equipes de saúde do seu município e aqueles que não souberem em qual classificação se enquadram podem entrar em contato com a empresa por meio do e-mail: [email protected]

PRESENÇAS 

Participaram da vacinação em Paranaguá os deputados Fernando Francischini, Alexandre Curi e Nelson Justus; o prefeito de Antonina, José Paulo Vieira Azim; o secretário municipal de Saúde de Antonina, Odileno Garcia Toledo; a secretária municipal de Saúde de Paranaguá, Lígia Regina de Campos Cordeiro; e o diretor da 1ª Regional de Saúde de Paranaguá, José Carlos de Abreu.

error: