Guarapuava: ruas da região central recebem implantação da faixa de espera de motos

A sinalização fica entre a faixa de pedestres e os veículos que aguardam a abertura do semáforo. A proposta da Secretaria de Trânsito e Transportes (Setran) visa a diminuição de acidentes envolvendo motos, trazendo mais segurança não só aos motociclistas, mas também ajudando a organizar o trânsito

Para melhorar a segurança no trânsito, ruas da região central de Guarapuava receberão sinalização horizontal, que está sendo demarcada, acompanhada pela demarcação vertical, com placas indicativas de área de espera para motocicletas, também chamada de “bolsões” ou “moto box”.

A sinalização fica entre a faixa de pedestres e os veículos que aguardam a abertura do semáforo. A proposta da Secretaria de Trânsito e Transportes (Setran) visa a diminuição de acidentes envolvendo motos, trazendo mais segurança não só aos motociclistas, mas também ajudando a organizar o trânsito.

“A expectativa é que a medida tenha a mesma função que teve em outras cidades, como Curitiba, Brasília, Rio Branco e São Paulo, poupando vidas, em alguns casos diminuindo em até 30% na redução de acidentes nos cruzamentos com esta sinalização específica, afirmou o Secretário de Trânsito e Transportes”, Adalberto Campos.

Além de melhorar a segurança de quem trafega sobre duas rodas, a faixa possibilita maior conforto também para os veículos, evitando a aglomeração de motos ao lado dos carros e a disputa pelo espaço, concluiu Adalberto.

RESPEITO
A Setran ainda acredita que o novo recurso viário aumente o respeito aos pedestres e reduza o número de infrações de parada sobre a faixa e avanço de semáforo.

Somente o corredor da Manoel Ribas, entre as ruas Padre Chagas e Guaíra, receberá essa sinalização, a título experimental, através da resolução 550/15 do Contran.

A Setran segue avaliando as vias que terão a nova sinalização. O objetivo é implantar a sinalização nos locais com maior fluxo de veículos, os pontos mais vulneráveis a acidentes de trânsito.

***********Texto: Secom, com edição

error: O conteúdo é de exclusividade do Correio do Cidadão.