Queima de fogos no Parque do Lago marcou a chegada de 2021

O espetáculo começou pontualmente às 0h e durou cerca de 10 minutos. Os fogos foram lançados de cinco balsas posicionadas próximas à ponte principal do Lago

Um presente para os olhos e o coração do guarapuavano. A chegada de 2021 foi marcada pela tradicional queima de fogos no Parque do Lago. Com as restrições devido à pandemia, boa parte das famílias acompanhou de dentro dos carros ou pelas redes sociais da Prefeitura de Guarapuava. Entre elas, estava a família Correa que tinha um motivo especial para assistir: ter superado a Covid-19.

“Nós viemos para agradecer por termos vencido a doença. Nós quatro ficamos um mês em isolamento domiciliar. Agora, respeitando as medidas de proteção e distanciamento, estamos aqui para comemorar a vida e agradecer a Deus”, declararam.

O espetáculo começou pontualmente às 0h e durou cerca de 10 minutos. Os fogos foram lançados de cinco balsas posicionadas próximas à ponte principal do Lago.


“Apesar das dificuldades enfrentadas em 2020, das dores e perdas, não podemos deixar de comemorar as conquistas e principalmente, encher nosso coração com esperança e fé em dias melhores. Desejamos que 2021 traga mais afeto e a superação de todas essas dificuldades”, afirmou a secretária de Administração Denise Abreu Turco.

Essa foi a décima vez que o casal Thaysa e Heron passou a virada de ano no Lago junto com amigos. “Esse ano foi o mais bonito de todos. É realmente um espetáculo que marca a virada em Guarapuava. Desta vez, foram menos pessoas e todos respeitando o distanciamento, separados em grupos, o que nos dá mais tranquilidade e segurança. Temos que comemorar a vida e todas as coisas boas também”, declarou.

Já Marcos e Indianara estacionaram o carro em uma das ruas laterais ao lago para acompanhar a queima de fogos. “Valeu muito a pena. Escolhemos um lugar especial para viver esse momento e começar o ano novo com muita beleza e alegria. Foi tudo maravilhoso”, salientaram de dentro do veículo.

Graças ao comprometimento de boa parte da população e ao esforço do poder público na implementação de medidas e atendimento dos pacientes, a cidade tem enfrentado a pandemia de uma forma austera e terminou 2020 com uma das menores taxas de contaminação entre as cidades de porte semelhante no Paraná e no Brasil.

Rosmar, morador da Vila Carli, levou os dois filhos de carro para acompanhar a queima, todos de máscara e seguindo os cuidados de proteção. “As crianças adoraram e marca o início do ano de uma forma muito positiva. Temos que enfrentar a situação com responsabilidade e cuidado, agradecendo por todas as coisas boas que a vida nos proporciona”, disse.

Assista, clicando aqui, o vídeo completo com a queima de fogos do Lago Municipal.

error: O conteúdo é de exclusividade do Correio do Cidadão.