Profissionais da Saúde de Guarapuava prestam homenagem às vitimas da Covid-19

Em meio as festas de fim de ano, a ideia da homenagem busca expressar solidariedade as famílias que enfrentam a falta de um ente querido

Nas últimas horas do ano, nesta quinta-feira (31), um gesto de respeito e carinho foi realizado pelos profissionais de saúde da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Batel. Em memória daqueles que morreram em decorrência da Covid-19, uma homenagem relembrou os 58 guarapuavanos de forma simbólica, sendo representados por balões brancos que subiram ao céu.

“Todos aqueles que desde o início da pandemia se dedicam a cuidar das pessoas, vivenciam situações complexas na sua rotina, compartilham sentimentos, se emocionam e sofrem com perdas e ausências. A homenagem reflete a sensibilidade de todos os profissionais de saúde, que se esmeram no acolhimento e no cuidado de cada paciente. Ao mesmo tempo no faz um alerta e nos pede uma atitude de empatia para com o outro, pois vivenciar a perda de um familiar neste cenário de pandemia é muito doloroso”, declarou o secretário de Saúde, Jonilson Pires.

Em meio as festas de fim de ano, a ideia da homenagem busca expressar solidariedade as famílias que enfrentam a falta de um ente querido. “Nós do UPA Batel tivemos esta ideia de homenagear os pacientes vítimas da Covid-19 e as famílias que hoje choram a dor, o luto e a ausência. Para nós é tão doloroso, porque vemos as pessoas indo embora e com o olhar nos pedindo para não as deixarem ir, podemos preservar a vida, mas não podemos impedir a morte. Então, este é um abraço que damos em todos os guarapuavanos, para que em 2021 renasçam os sonhos e que tenhamos esperança que tudo vai ficar bem”, salientou a enfermeira Márcia Harmuch.

Durante a homenagem foi feita a leitura de uma mensagem relembrando a importância de se valorizar cada momento da vida e as pessoas que estão ao nosso lado. Parentes e amigos dos profissionais, que estiveram presentes no ato, aplaudiram a equipe pelo esforço e dedicação durante para salvar vidas todo esse tempo, arriscando a própria saúde.

Cada balão solto também simbolizou o desejo e um pedido para que de todos façam sua parte assumindo com responsabilidade os cuidados de prevenção. “Que este momento sirva de reflexão para que as pessoas mantenham o isolamento social, que não vão a baladas ou em festas, usem as máscaras e cumpram com as normativas de saúde”, completou a enfermeira.

A homenagem foi transmitida pelas redes sociais e até esta sexta-feira (1), já alcançou mais de 2 mil compartilhamentos e 150 mil visualizações. Para assistir na página da Prefeitura no Facebook, clique aqui.

PANDEMIA

Desde março, foram publicados 24 decretos municipais que determinam medidas restritivas para conter o avanço do Coronavírus em Guarapuava. Por outro lado, a Administração Municipal também focou em serviços não presenciais que fornecessem o primeiro atendimento a população, como o Call Center e a plataforma Triágil.

Além disso, todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) realizam o monitoramento dos casos suspeitos da doença. Com a orientação médica, os pacientes são encaminhados para o diagnóstico, até agora mais de 17 mil testes já foram realizados.

Mesmo assim, a cidade somou mais de 4,5 mil casos confirmados, estando com 87,5% dos pacientes já recuperados. Para conferir os dados da pandemia no município, acompanhe as notícias no site Prefeitura e nas páginas oficiais do Município no Instagram e no Facebook.

error: O conteúdo é de exclusividade do Correio do Cidadão.