Primeira fase da campanha de imunização contra a gripe segue até 10 de maio em Guarapuava

Nesta primeira etapa estão sendo vacinadas crianças com mais de seis meses e menores de 6 anos, gestantes e puérperas (pós-parto), povos indígenas e trabalhadores da área de saúde

A Secretaria de Saúde de Guarapuava continua com a campanha de vacinação contra a gripe. Os grupos prioritários já chamados devem procurar os postos de saúde até 10 de maio. 

Nesta primeira fase estão sendo vacinadas crianças com mais de seis meses e menores de 6 anos (5 anos, 12 meses e 29 dias), gestantes e puérperas (pós-parto), povos indígenas e trabalhadores da área de saúde.

De 12 a 30 de abril foram vacinadas contra a gripe em Guarapuava 7.278 pessoas, menos de 50% da meta estipulada no início da campanha. 

Deste total, 5.332  são crianças, 702 gestantes, 208 puérperas e 1.036 trabalhadores na área da saúde. A meta é vacinar 90% desses grupos até o dia 10 de maio. As doses estão disponíveis nas Unidades Básicas de Saúde e no Cisgap.

A Saúde alerta que é indispensável que esses grupos procurem a imunização, pois com a chegada do inverno são mais comuns variações nas intensidades da gripe. A vacina contra a influenza utilizada no Brasil, em 2021, é trivalente, ou seja, apresenta três tipos de cepas de vírus em combinação (H1N1, H3N2 e linhagem B/Victoria).

A diretora da Vigilância Epidemiológica de Guarapuava, Chayane Andrade, lembra que a vacina não protege contra o coronavírus.

“Mas é de extrema importância receber a vacina em meio à pandemia. Pois, apesar de não proteger contra o coronavírus, faz com que diminua os riscos de sintomas respiratórios graves e a necessidade de atendimento na rede hospitalar, que se concentra no combate à Covid-19”, afirmou.

QUEM DEVE SE VACINAR?

A primeira fase é destinada para crianças com mais de seis meses e menores de 6 anos, gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto), povos indígenas e trabalhadores da área da saúde.

Não deve receber esse imunizante quem tomou recentemente uma ou as duas doses contra o coronavírus. É necessário respeitar o intervalo de 15 dias entre as vacinas.

SERVIÇO

Horário: segunda a sexta, das 8 às 12h e das 13 às 17h.

Local: Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Cisgap.

As vacinas não estão sendo aplicadas na Upa Batel, Urgência Trianon, Urgência Primavera e na Tenda de Vacinação contra a Covid-19.

****Secom/Pref. de Guarapuava/com edição****

error: O conteúdo é de exclusividade do Correio do Cidadão.