Paraná chega a 1 milhão de testes e amplia a capacidade

Marca de 1,029 milhão de testes RT-PCR foi alcançada nesta semana. Nova ampliação se dá pela parceria da Secretaria da Saúde com o IBMP e reforço no Laboratório Central do Estado

O Paraná ultrapassou nesta semana a marca de 1 milhão de testes RT-PCR para diagnosticar a Covid-19 e nesta sexta-feira (27) o Governo do Estado anuncia o aumento na capacidade de testagem. Agora, o volume diário de diagnósticos pode chegar a quase 9 mil por dia.

A ampliação se dá pela parceria da Secretaria de Estado da Saúde com o Instituto de Biologia Molecular (IBMP), que realizava até cinco mil testes e passa a fazer oito mil diagnósticos por dia. Além disso, o Laboratório Central do Estado (Lacen) complementa a estrutura de exames.

“A testagem é uma das nossas principais estratégias para o enfrentamento da Covid-19. Foi uma linha que determinamos logo no começo da pandemia e que nos organizamos para executar porque garante mais eficiência às ações de combate à pandemia”, afirma o governador Carlos Massa Ratinho Junior.

O secretário estadual da Saúde, Beto Preto, explica que a testagem garante o diagnóstico correto e o isolamento dos casos positivos e rastreio de contatos dos casos registrados em todo Estado. “Além do distanciamento social, a ampla testagem para o diagnóstico da Covid-19 é a maneira mais eficaz para frear a disseminação do vírus enquanto ainda não há remédio e vacina”, diz o secretário.

DOBRO

Para o diretor-geral da Secretaria da Saúde, Nestor Werner Junior, a marca de mais de 1 milhão de testes em uma população de 11 milhões de habitantes confirma o esforço do Governo do Estado para fazer um enfrentamento ágil e eficiente à doença. Ele observa que, na média, o Estado realizou praticamente o dobro da média de testes feitos no país, proporcionalmente à população.

No início da pandemia o Lacen – laboratório referência no Paraná para diagnósticos de todas as doenças que possam oferecer risco à saúde pública – possuía capacidade operacional instalada para realizar, por dia, 120 testes RT-PCR para a Covid-19. Hoje este número é de pelo menos 600 diagnósticos/dia.

Desde abril, o Paraná firmou parceria com IBMP, que começou com a capacidade instalada para a realização de mil testes por dia. Em junho este número foi ampliado para cinco mil/dia.

“Isso é de extrema importância, pois garante que o Estado consiga diagnosticar o maior número de pacientes doentes e agir com as medidas de contenção para a não propagação da doença”, diz o diretor-geral da Secretaria da Saúde.

FIOCRUZ/IBMP

O Instituto de Biologia Molecular do Paraná é uma instituição vinculada à Fundação Oswaldo Cruz, instalada no Parque Tecnológico da Saúde, junto ao Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar).  Por conta da Pandemia, estas três instituições viabilizaram um laboratório de ponta que reforça o processamento dos exames RT-PCR para identificação do novo coronavírus.

error: O conteúdo é de exclusividade do Correio do Cidadão.