Missa lembra o 30° dia da morte do médico guarapuavano George Karam

George atuou como pediatra por mais de 30 anos no Instituto Virmond, ligado ao Hospital Santa Tereza, e morreu aos 59 anos, em Florianópolis (SC), no dia 2 de dezembro por complicações do novo coronavírus

Uma missa nesta quinta-feira (7) lembra o 30° dia da morte do médico guarapuavano George Karam, que foi vítima da Covid-19.

George atuou como pediatra por mais de 30 anos no Instituto Virmond, ligado ao Hospital Santa Tereza, e morreu aos 59 anos, em Florianópolis (SC), no dia 2 de dezembro por complicações do novo coronavírus.

O falecimento comoveu a comunidade guarapuavana. “Palavras não expressam tamanha tristeza. Foi nosso amigo, parceiro, jamais mediu esforços para cumprir com seu trabalho, diuturnamente”, disse em nota o Instituto Virmond.

A despedida ocorreu na tarde de 3 de dezembro, com o cortejo fazendo parada em frente ao Hospital Santa Tereza para uma homenagem de colegas e pacientes. 

O sepultamento no cemitério municipal ocorreu em seguida, em cerimônia restrita à família.

MISSA  

A celebração será realizada no Santuário Nossa Senhora Aparecida, às 19h30, e transmitida ao vivo pela página do santuário (https://www.facebook.com/SantuarioAparecidaGp) no Facebook.

error: O conteúdo é de exclusividade do Correio do Cidadão.