Equipamentos doados ao Paraná vão viabilizar até 70 novos leitos de UTI

São ventiladores e monitores doados por entidades e iniciativa privada em apoio ao enfrentamento da Covid-19. Alguns têm destino definido pela instituição que doou, mas a maioria deve ser enviada a regiões mais afetadas

A Secretaria de Estado da Saúde recebeu nesta quarta-feira (24) ventiladores e monitores doados por entidades e iniciativa privada em apoio ao enfrentamento da Covid-19 no Paraná. As doações podem viabilizar a abertura de 40 a 70 leitos de UTI para reforçar o atendimento na pandemia.

“Seguindo o que foi proposto pelo governador Ratinho Junior, a Secretaria da Saúde já ativou 73 UTIs e 60 enfermarias desde sexta-feira, nos aproximando dos 200 leitos de terapia intensiva que pretendemos colocar em funcionamento nos próximos dias”, disse o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

“Estes equipamentos irão possibilitar a abertura de mais da metade desta proposta, ampliando a rede de atendimento e dando suporte para as unidades. Graças à estas doações, muitas vidas serão salvas”, afirmou.

Segundo Beto Preto, após a entrega destes equipamentos, a secretaria avalia a necessidade de cada região e a possibilidade de ampliação nas unidades para destinar as doações. “Alguns equipamentos já possuem um destino definido pela instituição que doou, mas a maioria deles deve ser enviada, dentro da nossa estratégia, para as regiões mais afetadas com o aumento no número de internamentos, que neste momento seria a Região Oeste do Estado e também a Macrorregião Leste”, explicou o secretário.

As doações incluem ventiladores, monitores simples e monitores com capnografia e somam aproximadamente R$ 3,8 milhões.

LEITOS

Atualmente, o Paraná conta com 4.581 leitos exclusivos para o atendimento Covid-19, sendo 1.734 leitos de UTI adulto e pediátricas e 2.847 enfermarias também adulto e pediátricas. Destes, 398 UTIs e 935 enfermarias foram ativadas somente no mês de março. O Estado já realizou 101 ampliações em 24 dias.

“Todos os esforços estão sendo feitos para ampliar o maior número de leitos e estes números são reflexo deste trabalho incansável do Governo do Estado em possibilitar atendimento a todos os paranaenses”, acrescentou Beto Preto.

COLABORADORES

A Fundação da Universidade Federal do Paraná (Funpar) uniu doações do Grupo Positivo, Ademicon, Renault, Ebanx, Electrolux, Grupo Servopa, W Invest e Grupo Boticário por meio do projeto O Amor Contagia.

Além disso, participaram desta ação a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), por meio da Federação das Santas Casas de Misericórdia e Hospitais Beneficentes do Estado do Paraná (Femipa), Associação Comercial do Paraná (ACP), Sindicato de Comércio Atacadista e Distribuidores do Estado do Paraná (SIMCA), Pennacchi, Secoob Central, Frísia, Sindicato dos Metalúrgicos de Ponta Grossa, Sindicato Serrarias, Águia Sistema de Armazenamento, Cooperativa Agrícola Mista de Ponta Grossa, Associação Paranaense de Supermercados (Apras), Braspine Madeira, Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Curitiba, Crown Embalagens Metálicas, Super Muffato e Union.

error: O conteúdo é de exclusividade do Correio do Cidadão.