DataSenado: para 57%, vacina contra a covid-19 deve ser obrigatória

Segundo 99% dos entrevistados, as vacinas devem ser distribuídas gratuitamente pelo governo

Pesquisa do Instituto DataSenado indica que 57% do entrevistados acreditam que tomar a vacina contra a covid-19, desde que ela seja segura e eficaz, deve ser obrigatório. Mas, para 42%, a vacinação deve ser opcional (mesmo que seja segura e eficaz). Além disso, para 99% dos entrevistados, o governo deve distribuir essa vacina gratuitamente a todos os brasileiros.

Para a maioria dos entrevistados, pessoas do grupo de risco, profissionais da saúde e profissionais de segurança pública devem ter prioridade no recebimento da vacina: respectivamente, 95%, 97% e 88% concordam com isso.

Para essa pesquisa, realizada em âmbito nacional, foram entrevistadas por telefone 2.400 pessoas com 16 anos ou mais, no período entre 24 de novembro e 3 de dezembro do ano passado.

De acordo com o DataSenado, as entrevistas foram distribuídas por todas as unidades da federação, por ligações para telefones fixos e móveis, com alocação proporcional à população de cada unidade da federação. A amostra, explica o instituto, é representativa da opinião da população brasileira.

Na pesquisa completa do DataSenado é possível conferir todas as perguntas feitas (e os respectivos resultados), o perfil dos entrevistados (sexo, faixa etária, renda, cor/raça e religião/crença) e mais detalhes sobre a metodologia utilizada, entre outras informações.

(Reportagem: Agência Senado/com revisão)

error: O conteúdo é de exclusividade do Correio do Cidadão.