Cursos da Unicentro são destaque em avaliação do Ministério da Educação

As graduações em Agronomia, Educação Física Bacharelado e Medicina Veterinária, ofertados no campus Cedeteg, em Guarapuava, conquistaram o conceito 5 no Conceito Preliminar de Curso 2019 (CPC), que é a nota máxima e reconhecimento de excelência

Em um contexto de crescimento e qualidade, a Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro) é destaque entre as instituições públicas de ensino superior no Paraná. Ela foi a única entre as estaduais paranaenses que teve três cursos avaliados com conceito 5 no Conceito Preliminar de Curso 2019 (CPC), divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), do Ministério da Educação.

Segundo o diretor de avaliação institucional da Unicentro, Angelo Marafon, o CPC é um indicador usado para aferir a qualidade dos cursos superiores no Brasil. O cálculo é feito a partir do resultado do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade); do Indicador de Diferença entre os Desempenhos Observado e Esperado (IDD); de informações sobre o corpo docente, incluindo percentual de mestres, doutores e regime de trabalho; além da percepção dos universitários sobre seu processo formativo, tomando como base o Questionário do Estudante do Enade. A partir disso, são atribuídos aos cursos conceitos que vão de 1 a 5, conforme a escala do MEC.

“O CPC avalia o curso preliminarmente como um todo, trabalhando as questões desde o desempenho em prova que tem um peso; desde quanto o curso subjetivamente agregou de conhecimento ao aluno egresso, que está saindo formado; questões de percepções dos alunos sobre a realidade que eles viveram na universidade, que isso é coletado por meio de um questionário; e a titulação e regime de trabalho docente, que também tem um peso bem importante”, complementa.

No último ciclo, referente ao ano de 2019, 11 cursos da Unicentro foram avaliados. Oito deles obtiveram conceito 4, equivalente a “ótimo desempenho”. São eles: Engenharia Ambiental, Engenharia Florestal e Fonoaudiologia, lotados no campus de Irati; e Enfermagem, Engenharia de Alimentos, Farmácia, Fisioterapia e Nutrição, lotados no campus Cedeteg, em Guarapuava. Já os cursos de Agronomia, Educação Física Bacharelado e Medicina Veterinária, também ofertados no campus Cedeteg, conquistaram o conceito 5, que é a nota máxima e reconhecimento de excelência.

O resultado coloca o curso de Agronomia como melhor curso do Paraná e da região Sul. De um total de 497 cursos avaliados, é o terceiro melhor do Brasil. “Um conceito dessa magnitude é extremamente significativo pois torna o nosso curso de Agronomia uma referência na área e, certamente, isso auxiliará o desenvolvimento, o reconhecimento e o crescimento não só do nosso curso, como também de toda a instituição”, analisa o chefe do Departamento de Agronomia, professor Luiz Henrique Vidal.

MAIS
O mesmo destaque vai para o curso de Medicina Veterinária, que também foi considerado o melhor curso do estado e da região Sul. Em âmbito nacional, o curso conquistou a terceira colocação.

Também com o conceito 5, o curso de Educação Física Bacharelado figura em segundo lugar no ranking de melhores cursos do Paraná e em terceiro no ranking da região sul. De um total de 499 cursos avaliados no Brasil, ficou na sétima colocação.

CRESCENTE
A Unicentro, como destaca Marafon, tem registrado crescente melhora nos processos de avaliação externos do Ministério da Educação e, também, nos processos internos do sistema estadual de ensino do estado do Paraná. “Também temos destaque da Enfermagem, como segundo melhor curso do estado do Paraná; a Fonoaudiologia também; as engenharias – em terceiro colocado no estado, Engenharia Ambiental, por exemplo, e Engenheiro Florestal também”.

O bom desempenho no CPC também foi comemorado pelo reitor Fábio Hernandes. Para ele, o resultado demonstrou a seriedade de professores, estudantes e agentes universitários, e o bom trabalho desempenhado pela universidade. Ele também destaca que, com o êxito na avaliação, vem também o compromisso com a continuidade de ações que agreguem qualidade à formação dos estudantes como um todo. “Mesmo em momentos difíceis, mesmo em momentos com pouco recurso, a Unicentro tem se superado cada vez mais. Significa que temos que continuar esse trabalho e, quem sabe, melhorar ainda mais, porque quanto mais cursos tivermos com nota 5, mais vai mostrar o empenho da nossa Unicentro”, finaliza o reitor.

**********Reportagem: Coorc, com edição

error: