Tamires Gemelli é libertada após cinco dias do sequestro

A médica é filha do prefeito de Laranjeiras do Sul, Berto Silva; ela havia sido sequestrada no dia 16 de outubro em Erechim (RS) e foi encontrada em Cantagalo (PR), cerca de 400 km da cidade de onde foi raptada

A filha do prefeito de Laranjeiras do Sul, Tamires Regina Gemelli da Silva Mignoni (30 anos), foi libertada após sofrer um sequestro no dia 16 de outubro, em Erechim (RS).

O anúncio do resgate ocorreu na noite desta quarta-feira (21) em uma rede social do pai, Berto Silva. De acordo com a publicação, Tamires foi encontrada pelo Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC) do Rio Grande do Sul, e pelo grupo Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial (Tigre) do Paraná.

“Valeram as orações. A Tamires acaba de ser libertada pelos grupos DEIC e TIGRE. Nossa menina está voltando pra casa”, disse Berto Silva na publicação.

Segundo o portal GaúchaZH, a médica estava mantida em cativeiro na cidade de Cantagalo (PR), a cerca de 400 km do município de onde ela foi raptada. Dois homens e uma mulher foram presos na operação. Ainda não há informações sobre a motivação do crime.

SEQUESTRO

Tamires saía do trabalho na cidade gaúcha quando foi abordada e levada em seu próprio carro. Ela ficou cinco dias como refém dos sequestradores.

error: O conteúdo é de exclusividade do Correio do Cidadão.