Região de Guarapuava tem redução de crimes sexuais, furtos e roubos

De acordo com o Relatório Estatístico Criminal da Secretaria da Segurança Pública, a 7ª Aisp, que tem Guarapuava como sede, registrou 229 ocorrências de crimes contra a dignidade sexual entre janeiro e setembro deste ano, contra 253 no mesmo período de 2019

A Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp) divulgou nesta semana o Relatório Estatístico Criminal, compreendendo o período de janeiro a setembro de 2020.

Esse é o balanço que aponta o cenário de cada Área Integrada de Segurança Pública (Aisp) do Paraná. Na 7ª Aisp, cuja sede fica em Guarapuava, é observada uma redução no percentual de crimes contra a dignidade sexual e contra a pessoa, além de furtos e roubos.

Entre as ocorrências de cunho sexual, o relatório aponta que, nos nove primeiros meses do ano passado, a região de Guarapuava registrou 253 casos. No mesmo período de 2020, foram 229 situações – uma redução da ordem de 9,49%.

Essa tendência de queda também é vista nos crimes contra a pessoa, saindo de 5.953 ocorrências em 2019 para 5.019 neste ano. Em termos percentuais, foi uma retração de 15,69%.

FURTOS E ROUBOS
Na sequência, o comparativo entre os casos de furto consumados, na 7ª Aisp, mostra que a queda foi de 21,35% entre 2019 e 2020. A região saiu de 2.848 para 2.240 ocorrências.

Já nas situações de roubo, que se difere do furto por envolver violência ou ameaça, a redução foi ainda mais significativa: 36,42%. Em números, os municípios da Aisp registraram 316 ocorrências, contra 497 do ano passado (-36,42%).

ARMAS
De acordo com o relatório da Sesp, entre janeiro e setembro deste ano foram apreendidas mais armas de fogo na 7ª Aisp. A parcial de 2020 é de 414 ocorrências dessa natureza, contra 287 do mesmo período de 2019 (+44,25).

RESIDÊNCIAS
O balanço também mostra uma significativa queda nas ocorrências de furto e roubo ocorridos em residências. Em 2019, foram 1.102 situações de furto e 64 de roubo, levando em conta o período de janeiro a setembro. Já neste ano, o total desses crimes caiu para 695 e 54, respectivamente.

REGIÃO
A 7ª Área Integrada de Segurança Pública (Aisp) tem Guarapuava como sede, mas abrange os municípios de Boa Ventura de São Roque, Campina do Simão, Candói, Foz do Jordão, Manoel Ribas, Mato Rico, Nova Tebas, Pinhão, Pitanga, Prudentópolis, Reserva do Iguaçu, Santa Maria do Oeste e Turvo.

**********Com informações da Ag. de Notícias do Paraná

error: O conteúdo é de exclusividade do Correio do Cidadão.