Região de Guarapuava tem queda de furtos e roubos no 1° trimestre

De acordo com o boletim estatístico divulgado pela Sesp nesta quinta-feira (20), houve redução de 20,31% nos crimes de furto e de 36,17% nos roubos consumados. É importante destacar que este último ocorre quando há violência ou ameaça

A região de Guarapuava, que faz parte da 7ª Área Integrada de Segurança Pública, ligada à Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp), registrou queda nos índices de furtos e roubos ao longo do primeiro trimestre de 2021.

De acordo com o boletim estatístico divulgado pela Sesp nesta quinta-feira (20), houve redução de 20,31% nos crimes de furto e de 36,17% nos roubos consumados. É importante destacar que este último ocorre quando há violência ou ameaça à vítima.

Os dados mostram que foram registradas 238 ocorrências de furto em janeiro, 239 em fevereiro e 237 em março, totalizando 714 casos; no mesmo período de 2020, a 7ª Aisp contabilizou 896 situações dessa natureza.

De modo semelhante, as forças policiais identificaram 90 roubos na região, sendo 41 em janeiro, 23 em fevereiro e 26 em março. No primeiro trimestre do ano passado, foram registradas 141 ocorrências.

VIOLÊNCIA
A tendência de queda também é observada nos índices de crimes contra a dignidade sexual. Foram 68 no período analisado neste ano (24/jan., 24/fev., e 20/mar.) contra 99 em 2020. Em termos percentuais, são 31,31% menos ocorrências.

Da mesma forma, o balanço indica redução nos crimes contra a pessoa na área da 7ª Aisp. Janeiro teve 661 ocorrências, fevereiro, 626, e março, 438, totalizando 1.725 crimes dessa natureza – uma retração de 10,81% em comparação com o primeiro trimestre de 2020, quando foram registrados 1.934 casos.

A diminuição foi verificada em todo Estado (Foto: SESP/PR)

PARANÁ
O número de roubos teve uma redução de 38,5% no Paraná no primeiro trimestre de 2021 em relação ao mesmo período do ano passado – passou de 11.193 para 6.844 registros, ou seja, 4.349 casos a menos. A diminuição foi verificada em todo Estado. O número de furtos caiu 13,7%. Neste ano foram 35.334 registros, contra 40.968 nos três primeiros meses de 2020, o que representa menos 5.634 crimes nesta modalidade.

O secretário estadual da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares, afirma que a redução da criminalidade no Paraná é resultado de muito trabalho e planejamento estratégico entre a pasta e suas instituições vinculadas, que além de aumentar o policiamento nas ruas e as investigações destes crimes, também realizam constantes ações para combater a criminalidade.

“Semanalmente nos reunimos com representantes das forças policiais para analisar e discutir as melhores ações em todas as áreas da segurança pública, focados nos nossos acertos e em que podemos melhorar”, explica. “Também aumentamos nosso efetivo nas ruas e as operações policiais de combate à criminalidade, conciliando com os trabalhos de investigação para identificar e punir os criminosos. Queremos dar pronta resposta à população para que os cidadãos se sintam cada vez mais seguros de viver no Paraná”.

ÁREA INTEGRADA
A 7ª Aisp, que tem sede em Guarapuava, contempla os municípios de Boa Ventura de São Roque, Campina do Simão, Candói, Foz do Jordão, Manoel Ribas, Mato Rico, Nova Tebas, Pinhão, Pitanga, Prudentópolis, Reserva do Iguaçu, Santa Maria do Oeste e Turvo.

***************Com informações da ANPr

error: