Polícia Militar prende grupo de 25 pessoas após denúncia de ameaças, em Guarapuava

Em nota encaminhada à imprensa, o 16° BPM explica que cinco policiais militares estão entre os detidos e que 15 armas de fogo foram apreendidas

A Polícia Militar (PM) prendeu 25 pessoas na tarde desta quarta-feira (14) após uma denúncia de ameaças de morte às pessoas que estão acampadas em uma área de litígio no Faxinal das Pedras, distrito do Guará, em Guarapuava. 

Em nota encaminhada à imprensa, o 16° Batalhão de Polícia Militar (BPM) afirma que uma mulher (62 anos) relatou o caso. Com as informações, as equipes policiais foram até o local e abordaram diversas pessoas em quatro grupos distintos, resultando na apreensão de 15 armas de fogo e munições de vários calibres. 

Na sequência, os envolvidos foram levados para o 16° BPM e, posteriormente, à 14ª Subdivisão Policial (SDP), onde foram presos em flagrante. 

DETIDOS

De acordo com a nota, entre os detidos estava um homem (44 anos) com mandado de prisão em aberto pelo crime de receptação, e cinco policiais militares. “Também [foram] conduzidas à delegacia das vítimas da situação, solicitantes iniciais da ocorrência”. 

Os envolvidos foram presos e encaminhados pelos crimes de associação criminosa, porte ilegal de arma de fogo, acessório ou munição; e “exercício arbitrário das próprias razões”.

A PM relata que, em relação aos agentes, “serão instaurados os devidos procedimentos administrativos, em consonância aos procedimentos criminais, para a melhor apuração acerca do envolvimento ou não dos policiais militares nesta situação”.

error: