Polícia já prendeu 420 pessoas e interditou 209 pontos comerciais

O balanço da Secretaria estadual da Segurança Pública aponta que em 9 dias 4.947 estabelecimentos comerciais foram fiscalizados e 209 deles interditados. As forças de segurança dispersaram 1.779 aglomerações de pessoas

As forças de segurança pública do Paraná completam nesta segunda-feira (08) nove dias de fiscalizações e outras ações de prevenção no Estado. O balanço da Secretaria estadual da Segurança Pública aponta que neste período houve 4.947 estabelecimentos comerciais fiscalizados e 209 deles foram interditados. 

As polícias dispersaram 1.779 aglomerações de pessoas e nas ações com órgãos municipais foram lavradas 221 multas a pontos comerciais e outras 406 às pessoas que foram flagradas em desrespeito às medidas sanitárias.

O balanço indica que 420 pessoas foram presas e 89 adolescentes apreendidos pelas equipes policiais. As operações constantes e a intensificação de policiamento também resultaram em 19 armas de fogo e 128 equipamentos eletrônicos apreendidos. 

Nestes nove dias de vigência do decreto estadual nº 6.983/2021 as polícias receberam 2.947 denúncias sobre violação das medidas sanitárias, sendo que 569 foram constatadas no período.

A estatística também aponta que na faixa de horário entre 7 horas de domingo (7) e 7 horas de segunda-feira (8), houve 173 dispersões de aglomerações de pessoas, 360 denúncias relacionadas à Covid-19, das quais 58 foram constatadas ao final do atendimento. Durante as abordagens e outras ações, as forças de segurança encaminharam 19 adultos e cinco adolescentes, além de apreenderam uma arma de fogo e quatro veículos. Os trabalhos de Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU) resultaram em 10 pontos comerciais interditados e na lavratura de 12 multas aos comércios e 74 às pessoas que cometeram infrações.

CAPITAL

As polícias promoveram operações constantes que resultaram em 195 pontos comerciais fiscalizados e 290 dispersões de aglomerações desde o início da vigência do decreto até esta segunda-feira (08).

Neste período, as equipes policiais receberam 700 comunicados sobre infrações ao decreto, sendo que 57 acabaram constatadas. A Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU) também foi aplicada na cidade e o trabalho rendeu 38 pessoas multadas e 84 estabelecimentos comerciais.

A presença policial nas ruas também preveniu crimes e promoveu prisões e apreensões. Nos nove dias de vigência do decreto, mais de 31 quilos de drogas foram retiradas de circulação, 47 veículos apreendidos e outros oito recuperados nas ações. Além disso, 72 pessoas acabaram conduzidas e sete adolescentes, apreendidos.

CAMPOS GERAIS

Na região de Ponta Grossa, a atuação das unidades do 4º CRPM resultou em 150 pessoas conduzidas e 23 adolescentes apreendidos desde o dia 27 de fevereiro, quando começou a vigência do decreto nº 6.983 / 2021.

De acordo com o balanço regional, 1.105 pontos comerciais foram fiscalizados, dos quais 136 acabaram interditados e 18 multas lavradas. As abordagens às pessoas renderam 54 multas por infrações relacionadas ao decreto estadual.

A demanda da população sobre as questões que envolvem o decreto foi de 361 denúncias que resultaram em 153 ocorrências constatadas. Também houve 171 dispersões de aglomerações de pessoas nos municípios. Durante a atuação pelo cumprimento das medidas sanitárias, foram flagrados outros crimes que culminaram na apreensão de 12 veículos, de cinco armas de fogo e de mais de três quilos de drogas.

error: O conteúdo é de exclusividade do Correio do Cidadão.