Homem é preso após ameaçar ex-companheira de morte, na Vila Carli

Segundo o relato da vítima à polícia, o indivíduo não aceitava a separação e por isso ela e os filhos estavam escondidos na casa de uma amiga. Além disso, o sujeito teria queimado todas as roupas da mulher, quebrado o seu carro e não permitido que a mesma retirasse as cadeiras de roda e de banho dos filhos no momento da separação

Um homem foi preso por violência doméstica pela equipe da patrulha Maria da Penha na tarde de quarta-feira (24), na rua Oscar Leopoldo Durski Silva, Vila Carli.

De acordo com o boletim policial, o ex-marido (32 anos) não aceitava a separação com a solicitante (52 anos) e por isso ela estava escondida com seus filhos (28 e 24 anos), ambos com paralisia cerebral e um deles cadeirante, na casa de uma amiga. Porém, na tarde de ontem (24) o homem havia ido até o local portando uma faca, gritando para que ela saísse da casa e alegando que a mataria.

O indivíduo já havia fugido quando a polícia chegou ao local. Entretanto, a equipe se deslocou até a sua residência e o localizou. O sujeito estava com uma faca e um cachimbo de crack, além disso, ele teria escondido a motocicleta, usada momentos antes, dentro da casa.

Diante da situação, o homem recebeu voz de prisão e foi conduzido até a 14ª Subdivisão Policial (SDP) para as medidas cabíveis.

AMEAÇAS

Conforme o relato da mulher à PM, o ex-companheiro a estaria perseguindo e ameaçando de morte desde a separação. Junto à isso, ele também havia queimado todas as roupas da vítima e quebrado o seu carro, além de não permitir que ela retirasse as cadeira de rodas e de banho dos filhos.

error: O conteúdo é de exclusividade do Correio do Cidadão.