Homem agride vigilante e ameaça matar ex-esposa, no Santa Cruz

De acordo com o boletim da PM, o sujeito teria ido até o local para resolver uma situação com a ex-companheira, mas foi proibido pelo vigilante de entrar no condomínio

Por volta das 20h35 da noite de segunda-feira (4), a Polícia Militar (PM) atendeu uma ocorrência de lesão corporal, na rua Barão de Capanema, bairro Santa Cruz.

No local, o solicitante (59 anos) informou à PM que o sujeito havia chegado ao condomínio, visivelmente transtornado, e exigido entrar para ir até o apartamento da ex-esposa, alegando que precisaria resolver uma situação. Porém, após ser impedido pelo vigilante o indivíduo começou  a agredi-lo com socos e chutes.

Depois da ação, o homem ameaçou o guarda dizendo que voltaria e mataria a ele e a sua ex-companheira.

A mulher relatou aos policiais que o sujeito possuía uma arma de fogo. Diante da situação, o agressor foi localizado e buscas foram feitas na residência do mesmo, mas nenhum ilícito foi encontrado.

O vigilante não teve interesse em representar, por isso foi orientado quanto aos procedimentos legais.

error: O conteúdo é de exclusividade do Correio do Cidadão.