Universidades Estaduais são destaque no Guia da Faculdade 2020

Ranking é uma parceria entre o jornal Estado de São Paulo (Estadão) e a Quero Educação, startups da área educacional do Brasil; Instituições tiveram 159 cursos de graduação avaliados como excelente e muito bom

As Universidades Estaduais do Paraná receberam destaque na avaliação do Guia da Faculdade 2020, ranking criado em parceria entre o jornal Estado de São Paulo (Estadão) e a Quero Educação, uma das principais startups da área educacional do Brasil. As universidades tiveram 159 cursos de graduação avaliados como excelente (5 estrelas) e muito bom (4 estrelas).

O Guia da Faculdade utiliza uma metodologia conhecida como “avaliação por pares” para analisar a qualidade do projeto pedagógico, do corpo docente e da infraestrutura de 14 mil cursos superiores em todo o país. Mais de 9 mil coordenadores de cursos superiores e professores universitários fazem parte da comissão de avaliação do ranking.

“Assim como aconteceu no Enade, as nossas estaduais se destacaram pela qualidade dos cursos de graduação ofertados”, disse o superintendente de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Aldo Bona. “Devido à capilaridade, é possível afirmar que as nossas universidades são responsáveis pela formação de profissionais qualificados em todo o Estado do Paraná”, afirmou.

Segundo o ranking, as instituições públicas continuam sendo a principal referência do ensino superior em termos de qualidade. Entre os cursos que atingiram o conceito máximo de 5 estrelas no Guia da Faculdade, 87% pertencem às universidades públicas.

INSTITUIÇÕES

Todas as instituições de ensino superior cadastradas no Ministério da Educação (universidades, centros universitários, faculdades e institutos) são convidadas para fazer parte do Guia da Faculdade. Após se cadastrarem para participar da avaliação, elas indicam todos os cursos superiores que estão recebendo novos alunos.

CURSOS

Na Universidade Estadual de Londrina (UEL) os cursos de Letras – Português e Pedagogia atingiram nota máxima na avaliação. A UEL também teve outros 40 cursos que alcançaram 4 estrelas.

A Universidade Estadual de Maringá (UEM) teve a graduação em Farmácia avaliada com nota máxima e outros 37 cursos com 4 estrelas. Segundo a pesquisadora institucional da UEM, Márcia Marcondes Altimari Samed o Guia da Faculdade substituiu o Guia do Estudante, da Editora Abril, que durante algumas décadas representou um dos principais norteadores para a escolha de um curso de graduação, realizada pelos estudantes do ensino médio no país.

Na Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) os destaques foram os cursos de Química e Matemática (EaD), ambos com nota máxima na avaliação. Outros 19 cursos da UEPG conquistaram 4 estrelas.

A Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) teve 39 cursos com 4 estrelas, seguida pela Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro) com 11 e a Universidade Estadual da Paraná (Unespar) com 8.

error: O conteúdo é de exclusividade do Correio do Cidadão.