Unioeste firma intercâmbio com universidades latino-americanas

A parceria será com instituições de ensino superior estrangeiras, no âmbito do Programa de Intercâmbio Acadêmico Latino-Americano (Pila). As atividades terão início no segundo semestre deste ano, na modalidade de ensino à distância, com o objetivo de promover a ampliação de conhecimentos e aprendizados.

A Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) estabeleceu parceria com instituições de ensino superior estrangeiras, no âmbito do Programa de Intercâmbio Acadêmico Latino-Americano (Pila). As atividades terão início ainda no segundo semestre deste ano, na modalidade de ensino a distância (EAD), com o objetivo de promover a ampliação de conhecimentos e aprendizados.

A iniciativa abrange estudantes de graduação e de pós-graduação dos diferentes câmpus da Unioeste (Cascavel, Francisco Beltrão, Foz do Iguaçu, Marechal Cândido Rondon e Toledo).

O programa contempla vários cursos, tais como Administração, Ciências Biológicas, Ciência da Computação, Ciências Contábeis, Direito, Educação Física, Enfermagem, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Fisioterapia, Geografia, História, Letras, Matemática, Medicina, Nutrição, Odontologia, Pedagogia, Química e Serviço Social, entre outros.

Para o assessor de Relações Internacionais e Interinstitucionais da Unioeste, professor Rafael Mattiello, essa iniciativa é importante para a formação dos futuros profissionais, como alternativa econômica para quem pretende estudar fora do Brasil. “Esse programa representa uma oportunidade para os nossos alunos, especialmente aqueles que não têm condições de fazer uma mobilidade estudantil presencial em outro país. Certamente, vai possibilitar abertura de horizontes e experiência cultural relevante”, destaca.

Os estudantes da Unioeste poderão cursar, simultaneamente, disciplinas ofertadas por sete instituições: no México, Universidad Autónoma de Baja Califórnia; na Argentina, Universidad Nacional de La Plata e Universidad Nacional de Catamarca; e, na Colômbia, Universidad Distrital Francisco José de Caldas, Universidad Pedagógica Nacional e Universidad del Sinú – Elías Bechara Zainúm (Cartagena e Montería).

A instituição paranaense também vai receber alunos oriundos dessas universidades em aulas remotas. No caso da instituição mexicana, são ofertados cursos extracurriculares: Fundamentos de Pesquisa; Transparência e Acesso à Informação; Proteção de Dados Pessoais; Equidade de Gênero; Responsabilidade Social Universitária; e Acessibilidade Universal. Além do Brasil, o Pila inclui instituições do Uruguai, Nicarágua e Cuba.

Inscrições e outras informações, como prazos e disciplinas ofertadas, estão disponíveis no site da Assessoria de Relações Internacionais e Interinstitucionais da Unioeste (AQUI). As dúvidas podem ser esclarecidas pelo e-mail [email protected]

error: