Paraná soma 273.530 casos de Covid-19

Foram confirmados 1.773 casos e 30 mortes em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou neste sábado (28) mais 1.773 casos confirmados e 30 mortes em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus. A Sesa registra também 1.408 casos confirmados retroativos do período entre 3 de abril à 26 de novembro que estavam com investigação em aberto e agora foram encerrados como casos confirmados e automaticamente computados no sistema. Os dados acumulados do monitoramento da Covid-19 mostram que o Paraná soma 273.530 casos e 6.052 mortos em decorrência da doença. Há um ajuste detalhado ao final do texto.

INTERNADOS

1.049 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados. São 846 pacientes em leitos SUS (422 em UTI e 424 em leitos clínicos/enfermaria) e 203 em leitos da rede particular (80 em UTI e 123 em leitos clínicos/enfermaria).

Há outros 1.298 pacientes internados, 494 em leitos UTI e 804 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo Sars-CoV-2.

ÓBITOS

A secretaria estadual informa a morte de mais 30 pacientes. São 12 mulheres e 18 homens, com idades que variam de 18 e 94 anos. Os óbitos ocorreram entre 25 de outubro e 28 de novembro.

Os pacientes que foram a óbito residiam em Curitiba (5), Campo Largo (5), Cianorte (2), Foz do Iguaçu (2) e Santa Terezinha do Itaipu (2). A Sesa registra ainda a morte de uma pessoa que residia em cada um dos seguintes municípios: Araucária, Campo Magro, Carlópolis, Colombo, Colorado, Paranaguá, Pérola, Piraquara, Ponta Grossa, Quedas do Iguaçu, Tamarana, Tapira, Terra Roxa e Tijucas do Sul.

FORA DO PARANÁ

O monitoramento da Sesa registra 2.655 casos de residentes de fora, 55 pessoas foram a óbito.

AJUSTE

Exclusão:

Um óbito confirmado (M, 57a) no dia 22/08 em Cascavel foi excluído por erro de notificação

(Reportagem: Secretaria de Estado da Saúde)

error: O conteúdo é de exclusividade do Correio do Cidadão.