Paraná envia maior quantitativo de insumos em 24h desde o início da pandemia

Foram distribuídos aos municípios 975.190 unidades, sendo 319.050 medicamentos elencados no “kit de intubação”, além de 363.340 vacinas contra a Covid-19 e 292.800 vacinas contra a Influenza.

O Governo do Estado enviou nesta sexta e sábado (17) o maior quantitativo de insumos em 24h para o combate da Covid-19 desde o início da pandemia. Ao todo foram distribuídos aos municípios 975.190 unidades, sendo 319.050 medicamentos elencados no “kit de intubação”, além de 363.340 vacinas contra a Covid-19 e 292.800 vacinas contra a Influenza.

“Cada minuto é importante nesta batalha. Quanto mais pessoas forem vacinadas, diminuiremos ainda mais a contaminação do vírus e reduziremos a morbidade e mortalidade, garantindo com que menos pessoas desenvolvam a doença de modo grave, precisem de internamento e faleçam”, disse o governador do Estado, Carlos Massa Ratinho Junior.

A logística de recebimento e envio destes insumos é organizada pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) junto com o Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar) que conta com o apoio de diversas áreas do Governo para este transporte ágil, seja terrestre ou aéreo.

A média de tempo entre a chegada dos medicamentos e vacinas ao Cemepar e a entrega as Regionais de Saúde, tem sido muitas vezes de 24h ou menos. Isso só é possível graças a colaboração de todos os profissionais envolvidos e empenhados nesta missão de salvar vidas.

“O Estado tem realizado uma força-tarefa de aceleração não só na vacinação, mas no envio dos imunizantes para que chegue até os braços dos paranaenses no menor tempo possível e também dos medicamentos que auxiliam no tratamento de pacientes internados em estado grave”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

MEDICAMENTOS

Os medicamentos que integram o chamado “kit de intubação” estão escassos em todo o País desde o ano passado. No Paraná nenhum paciente ficou desassistido ou precisou de intervenção hospitalar sem que fosse disponibilizado este tipo de medicamento. “Desde o ano passado estamos realizando ações para viabilizar estes medicamentos e garantir que nenhuma unidade fique desabastecida. Somente neste envio, o custo da Sesa em medicamentos passa de R$1,4 milhão”, ressaltou o secretário.

VACINAS

O Paraná recebeu até o momento mais de 2,8 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 e enviou 664,8 mil doses da vacina contra a Influenza aos municípios.

Segundo a Rede Nacional de Dados em Saúde (RNDS), até a manhã deste sábado (17), o Paraná já havia vacinado 141.198 pessoas contra a Influenza, que necessita de apenas uma dose para imunização. Nesta primeira etapa que iniciou no último dia 12 deste mês e deve seguir até o dia 10 de maio, serão imunizadas crianças de seis meses a menores de seis anos de idade (cinco anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas, povos indígenas e trabalhadores da saúde.

Já de acordo com o Vacinômetro do Paraná, 1.361.116 pessoas foram vacinadas contra a Covid-19 com pelo menos a primeira dose, e 420.841 com a segunda dose, somando 1.781.957 doses aplicadas do imunizante no Estado. Os públicos atendidos até agora são idosos com mais de 60 anos, forças de segurança e salvamento e armadas e trabalhadores de saúde.

(Reportagem: Sesa/com revisão).

error: O conteúdo é de exclusividade do Correio do Cidadão.