José Ely, encontrado morto no Parque do Lago, foi sepultado nesta quinta-feira (22)

O sepultamento ocorreu no cemitério municipal de Pitanga; todos os trâmites foram realizados pela empresa em que ele trabalhava e por amigos, já que ele não tinha família na cidade

O corpo de José Ely Pereira Rodrigues Filho (48 anos), encontrado morto no Parque do Lago no dia 17 de outubro, já foi sepultado.

A despedida fúnebre ocorreu na tarde desta quinta-feira (22), seguida pelo sepultamento no cemitério municipal de Pitanga. 

O homem era funcionário de uma funerária do município, que lamentou em nota a morte de José Ely. 

José era natural de Alegrete (RS), mas de acordo com informações repassadas ao CORREIO, ele teria vendido tudo o que tinha na cidade e vindo para o Paraná. Em Pitanga, ele não tinha familiares; a irmã, parente mais próxima, mora em Francisco Beltrão.

Sem conseguir se deslocar até Guarapuava por estar em isolamento, ela emitiu uma procuração para conhecidos realizarem a liberação do corpo. Os trâmites foram realizados por amigos e pela empresa em que ele trabalhava.

A identificação ocorreu através de um exame de papiloscopia, ou seja, por meio das digitais.

Confira a nota da funerária 

“A funerária Previ Vida comunica o falecimento de um de seus funcionários, o senhor José Ely Pereira Rodrigues, aos 48 anos. Sua despedida fúnebre será no dia 22 de outubro de 2020, às 16h, na capela mortuária de Pitanga/PR”.

error: O conteúdo é de exclusividade do Correio do Cidadão.