Governo inaugura a Cadeia Pública de Campo Mourão

Nova unidade do Depen é destinada à presos masculinos e conta com 382 vagas. a Entrega da obra faz parte do planejamento estratégico do Estado para aperfeiçoar o tratamento penal e garantir melhores condições de trabalhos aos agentes penitenciários e demais servidores

O Governo do Estado inaugurou nesta quarta-feira (9) a Cadeia Pública de Campo Mourão II, no Centro-Oeste do Paraná. A nova unidade do Departamento Penitenciário (Depen), que é destinada à presos masculinos, tem mais de 3,77 mil metros quadrados e conta com 382 vagas.

Com a nova unidade, o sistema penitenciário da região passa a oferecer mais segurança aos agentes penitenciários e demais funcionários. Iniciada em 2015, a construção teve um investimento total de R$ 12,3 milhões feito pelos governos estadual e federal.

A obra foi feita com base nas diretrizes de arquitetura penal estabelecidas pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária. Um diferencial é que os módulos de controle de trânsito de presos são mecanizados e permitem que o fluxo de pessoas pelo complexo ocorra sem o contato direto com os agentes do Depen, proporcionando mais segurança aos profissionais.

O secretário estadual da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares, afirmou que a entrega da obra faz parte do planejamento estratégico para aperfeiçoar o tratamento penal no Paraná, além de garantir melhores condições de trabalhos aos servidores.

 “Quando assumimos a Secretaria tivemos que recomeçar projetos, e ver essa obra concluída é a realização de um sonho. Isso porque estamos trabalhando para que, de fato, os presos do Paraná tenham uma boa estrutura de ressocialização. Isso beneficia toda a sociedade que, no futuro, receberá pessoas preparadas para o convívio social”, disse ele. “Além disso, um dos principais benefícios dessa entrega é desafogar as carceragens das delegacias da região”, declarou o secretário.

O vice-diretor Depen, Luiz Francisco da Silveira, explicou que na unidade, diversas salas de segurança e administração foram planejadas para a melhor condição de trabalho dos servidores. “Isso para que os agentes penitenciários e todos os outros servidores possam desempenhar seus trabalhos com toda a estrutura de segurança necessária”, afirmou.

Segundo o Coordenador Regional de Maringá e Cruzeiro do Oeste, Luciano Brito, esta nova unidade do Depen foi construída para atender também pessoas com dificuldade de acessibilidade, tanto detentos quanto visitantes. “São celas coletivas e individuais com as devidas estruturas para presos com deficiência”, informou.

“A Cadeia Pública de Campo Mourão II também conta com um pátio de visitas parcialmente coberto, pátios de sol, parlatórios e salas para videoconferência, salas de aula e biblioteca, lavanderia, sala de observação, além de área da saúde com consultório médico, sala de enfermagem, farmácia, esterilização e consultório odontológico”, contou.

EFICAZ

Para o diretor da Cadeia Pública de Campo Mourão II, Arnobe Lemes dos Reis, a proposta principal da inauguração da unidade é disponibilizar um serviço seguro e eficaz. “O Depen sempre trabalhou para manter a segurança de todos, seja detentos, familiares, servidores e a população que transita na região, pois sem segurança e sem disciplina, não é possível estabelecer nenhum projeto. Então, o nosso projeto a partir de agora é, com a melhor estrutura possível, preparar os nossos presos para voltar a viver em sociedade”, relatou.

PRESENÇAS

Estiveram presentes na inauguração o prefeito de Campo Mourão, Tauillo Tezelli; o delegado-chefe da 16º Subdivisão Policial, Nilson Rodrigues; o comandante do 11º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Julio César e o a vice-prefeita eleita de Campo Mourão, Fátima Nunes, representando o deputado estadual Márcio Nunes.

error: O conteúdo é de exclusividade do Correio do Cidadão.