Vereadores de Guarapuava tomam posse para o mandato 2021-2024

Na cerimônia realizada na sexta-feira (1°), os legisladores juraram solenemente cumprir os deveres constitucionais visando o bem da população e assinaram um termo de compromisso

Em uma sessão restrita e transmitida pela internet devido às medidas de enfrentamento à pandemia da Covid-19, o Poder Legislativo deu posse aos 21 vereadores eleitos para o mandato 2021-2024. 

Na cerimônia realizada na sexta-feira (1°), os legisladores juraram solenemente cumprir os deveres constitucionais visando o bem da população e assinaram um termo de compromisso. 

O parlamentar mais votado, Pablo Almeida (Podemos), falou em nome dos eleitos e agradeceu a todas as pessoas que ajudaram a ocupar a função de representar os moradores da cidade na Câmara.

“Deixando de lado as ideologias individuais, precisamos somar nossas forças para ter a Guarapuava que a população merece. Ela nos escolheu e honrar essa responsabilidade. Esperamos que o mandato do prefeito Celso Goes seja repleto de ações e valores, especialmente destinados àqueles que mais precisam. O prefeito pode contar com a Casa Legislativa”, declarou em discurso.

Na oportunidade, Pablo aproveitou para agradecer ao ex-prefeito Cesar Filho pela atuação à frente da gestão municipal nos últimos oito anos, que se tornou “referência de excelente administração que mudou o perfil da cidade”. 

Logo em seguida, o vereador pediu afastamento das funções legislativas municipais por tempo indeterminado para assumir a Secretaria Municipal de Educação. Com o afastamento, Danilo Dominico (Podemos) assumiu o cargo.

ELEIÇÃO

Dando sequência à cerimônia, foi realizada a eleição da presidência do Poder Legislativo, que teve como candidatos João Napoleão (Podemos), Silvionei de Quadros (Podemos), Profª Bia (MDB) e Joel Barbosa (Solidariedade).

Com 13 votos, Napoleão foi reconduzido para a presidência da Câmara pelos próximos dois anos. “É um orgulho pra mim ser o primeiro homem negro eleito presidente da Câmara de Vereadores pela quarta vez consecutiva”, declarou João Napoleão.

A sessão foi suspensa por dez minutos para eleição dos demais cargos da mesa diretora, tendo o seguinte resultado, após consulta aos membros da Casa: 1º vice-presidente: Marcelinho (DEM); 2º vice-presidente: Paulo Lima (Podemos); 1º secretário: Gilson da Ambulância (Solidariedade); 2º secretário: Wilson Anciuti (PSL); 3º secretário: Vardinho (Cidadania).

error: O conteúdo é de exclusividade do Correio do Cidadão.