Palmital reelege um prefeito pela primeira vez; Ney teve 53% dos votos

Cinco candidatos à Prefeitura disputaram os votos dos 10.607 eleitores aptos a votar no município. Confira os números da eleição e os vereadores eleitos

Pela primeira vez em 59 anos, Palmital reelegeu um prefeito. Desde a primeira eleição, o município teve alternância no mais alto cargo municipal. O atual prefeito, Valdenei de Souza (PL), o Ney, venceu com 53,10% dos votos.

Ele e o vice Roberto Carlos Rossi (PSD) concorreram pela coligação Segue em Frente, com o apoio dos partidos PT, PSL, PSC, PSDB e Cidadania, além de suas respectivas legendas.

Com um número alto de candidaturas majoritárias em comparação às últimas disputas, Palmital teve cinco opções para o executivo. 

Além do atual prefeito, disputaram o ex-prefeito por duas gestões, Darci José Zolandek (MDB), a vereadora Drª Marcela (PTB), o ex-vice-prefeito Celso Moro (DEM) e Antonio Cavalheiro (PSol).

Em 2016, foram registradas 40 candidaturas entre prefeitos, vices e vereadores. Já em 2020, o número subiu para 74. Ao todo 8.744 dos 10.607 aptos a votar foram às urnas neste 15 de novembro.

Foram computados 8.744 votos, sendo 8.462 válidos, 196 nulos e 86 brancos. Confira como foi a distribuição de votos para prefeito.

Valdenei de Souza (PL) – 4.493 votos (53,10%)

Darci Zolandek (MDB) – 3.479 votos (41,11%)

Celso Moro (DEM) – 270 votos (3,19%)

Dra. Marcela (PTB) – 135 votos (1,60%)

Tonho Cavalheiro (PSol) – 85 votos (1,00%)

VEREADORES

No total, 64 candidatos ao Legislativo disputaram uma das nove cadeiras da Câmara Municipal. Dos cincos que tentavam a reeleição, apenas 3 conseguiram se manter no cargo.

Das 26 mulheres que concorreram, apenas uma conseguiu o número suficiente de votos para ocupar uma vaga.

O partido que teve mais eleitos foi o PSC, com três vereadores. Confira os nomes mais votados.

Jeca da Ambulância (PSD) – 673 votos

Robson Zaroio (MDB) – 671 votos

Alemão (PP) – 480 votos

Zé Leal (PSD) – 479 votos

Alex Falcão (PSC) – 431 votos

Joelson Campeiro (PSC) – 389 votos

Dra. Silvana (MDB) – 384 votos

Machadinho (PT) – 378 votos

Silvio do ônibus (PSC) – 273 votos

Os dados são do Tribunal Superior Eleitoral (TSE)

error: O conteúdo é de exclusividade do Correio do Cidadão.