Os primeiros passos de Celso Góes

Em entrevista exclusiva concedida ao CORREIO, o prefeito eleito de Guarapuava fala sobre a transição de gestão, suas prioridades à frente da Prefeitura e o combate à pandemia da Covid-19

O ex-secretário de Saúde, Celso Góes (Cidadania), foi eleito prefeito de Guarapuava com mais de 30 mil votos. Ele encabeçou a chapa da coligação Guarapuava Cada Vez Melhor, tendo o advogado Samuel Ribas (PSD) como vice-prefeito. 

Em entrevista exclusiva concedida ao CORREIO, o novo chefe do Executivo diz que a transição entre os governos está sendo feita em um ambiente “extremamente colaborativo”, e que sua equipe já está totalmente inteirada do atual cenário da administração municipal. 

“Estamos contentes porque, apesar do momento de pandemia, Guarapuava segue com as contas públicas em dia e grandes projetos a serem realizados. Recebemos todas as informações da equipe do prefeito Cesar Silvestri Filho e, isso, já permite planejarmos os primeiros passos da nova gestão”, explica Góes.

Na avaliação do prefeito eleito, mesmo com uma eleição tardia e um curto período para a transição, esse processo está ocorrendo de forma eficiente e satisfatória. 

A seguir, confira os principais pontos da entrevista de Celso Góes, novo prefeito de Guarapuava: 

Qual é a avaliação que o senhor faz do momento que a cidade vive?

Guarapuava vive um momento único de desenvolvimento que é reflexo de investimentos públicos e privados em áreas essenciais do município e também em decorrência da união das forças políticas que garantiram diversas conquistas nos últimos anos, como Hospital Regional, Hospital do Câncer, os cursos de medicina, a duplicação das rodovias, a reestruturação do aeroporto, entre outras. O perfil da cidade mudou propiciando um ambiente inovador e preparado para avançarmos em todos os sentidos, especialmente nas áreas da medicina e da tecnologia. Isso tudo tem garantido mais qualidade de vida para os moradores e com melhores perspectivas para a gestão pública.

O senhor passou pelas secretarias de Esportes e Recreação e de Saúde. Como essas experiências na administração podem contribuir para sua gestão? 

Foram secretarias muito importantes e que me deram uma excelente experiência na administração pública. Ambas, de certo modo, estão relacionadas, pois a prática de atividades físicas é uma das melhores formas de se garantir mais saúde, gerar bem-estar, além de desenvolvimento social. Nesse sentido, a cidade se destaca pelos investimentos realizados, garantindo inúmeros espaços públicos que beneficiam os moradores.  É claro que a Secretaria de Saúde é o grande desafio de qualquer gestor. Por isso, estar à frente da secretaria, especialmente, num momento difícil para toda humanidade, me permitiu conhecer de perto as necessidades e prioridades dessa área. Começaremos a gestão conscientes do trabalho que deve ser feito nos próximos anos para aperfeiçoar o atendimento à população, e com a firmeza e determinação para superarmos os desafios trazidos pela pandemia. 

Celso, quais serão as prioridades da sua gestão nos primeiros meses?

Estamos preparados para continuar os projetos importantes para a cidade em todas as áreas que gerem desenvolvimento. Guarapuava já tem uma excelente infraestrutura para atrair mais investimentos e vamos apoiar todas as iniciativas nesse sentido. No entanto, como tenho dito e reafirmo, a área da saúde será uma das prioridades da minha gestão, garantindo os recursos e investimentos para a manutenção dos projetos que também ajudei a construir, além de ampliar as ações na área da saúde pública.

Em relação à covid-19, qual será o foco da sua atuação? 

Estamos acompanhando de perto a evolução da pandemia em nosso município e o aumento progressivo de casos. Até o momento, as ações municipais têm sido precisas e eficazes para não comprometermos nosso sistema de saúde, especialmente o atendimento nos hospitais, além de permitir que a nossa economia não seja demasiadamente afetada. Os números apresentados colocam Guarapuava entre as cidades brasileiras com os menores índices de contágio e mortes. No entanto, isso não significa que devemos baixar a guarda. Assim, começaremos 2021 com as ações necessárias para contermos o avanço da pandemia que o momento apresentar, respeitando as indicações técnicas dos profissionais competentes da área de saúde que têm contribuído para enfrentarmos essa situação.

Qual é a mensagem que o senhor deixa para os guarapuavanos neste aniversário de 201 anos de Guarapuava? 

Apesar da idade, Guarapuava voltou a ser uma cidade jovem e pujante, com pessoas que tem um brilho no olhar e orgulho de morar aqui. A nossa gestão, minha e do Samuel, virá para somar a esse processo de desenvolvimento. Por isso, expresso minha eterna gratidão aos eleitores que me permitiram ser o próximo prefeito, demonstrando carinho e confiança. No entanto, a partir do dia 1º de janeiro, serei um gestor que trabalhará para todos, independentemente das convicções ideológicas de cada um. A mesma união demonstrada durante a campanha é o que balizará nossas decisões. O nosso compromisso é seguir no mesmo ritmo de crescimento permitindo que Guarapuava se torne um lugar cada vez melhor para se viver. Desejo que tenhamos um excelente fim de ano e que possamos renovar nossas esperanças e somar forças para vencermos os próximos desafios.

error: O conteúdo é de exclusividade do Correio do Cidadão.