Cristina Silvestri celebra parceria para expansão de procuradorias da mulher no Paraná

Junto à Defensoria Pública, Governo Federal aderiu a projeto da Procuradoria da Mulher da Alep para fortalecimento da rede de proteção

Foi firmada nesta sexta-feira (9) uma iniciativa realizada pela Procuradoria da Mulher, chefiada pela deputada estadual e procuradora Cristina Silvestri, e Defensoria Pública do Paraná, para expandir a atuação das procuradorias municipais da mulher no Estado. O Programa de Capacitação e Fortalecimento das Procuradorias Municipais da Mulher (Procurame) foi lançado com a formalização do acordo de cooperação técnica entre a Assembleia Legislativa, Defensoria e Governo Federal, através do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos.

“Essa parceria foi criada para que todas as nossas vereadoras e procuradoras sintam-se seguras para atuar em seus municípios. A importância dessa capacitação e de criarmos as Procuradorias da Mulher em todos os municípios do Paraná é porque é no município onde as coisas acontecem. É a vereadora a primeira a saber das reclamações, das denúncias, das reivindicações. A vereadora é o agente público que está mais perto da população, de sua comunidade. Então, nós queremos que a Procuradoria da Mulher seja uma referência nos municípios, seja essa mão amiga, mão acolhedora e que as mulheres tenham essa confiança de que serão ouvidas, acolhidas e encaminhadas para as autoridades competentes”, detalha Cristina Silvestri.

O Procurame está sendo implantado no Paraná como um projeto piloto para coleta de dados e avaliação de resultados, com o objetivo de replicar o modelo em todo o país. Na solenidade virtual de assinatura, além de Cristina, que representou o Poder Legislativo Estadual, estiveram presentes a ministra Damares Alves, secretária nacional das mulheres, Cristiane Britto, defensor-público geral, Eduardo Abraão, e deputada federal Leandre Dal Ponte.

“A Procuradoria vem conquistando importantes avanços nas políticas públicas para as mulheres aprovando leis importantes, desenvolvendo debates e campanhas de conscientização, trazendo cada vez mais o protagonismo do Legislativo nessa rede de proteção familiar. O sucesso dessa rede é a sororidade. Temos que formar uma aliança de compromisso para chegarmos ao sucesso. Se nós mulheres sozinhas somos fortes, imagine a união de todas essas mulheres contra a violação de direitos e na luta pela participação da mulher na tomada de decisões”, completou Cristina.

PROGRAMA

O Procurame oferece cursos de capacitação exclusivo para vereadoras com o objetivo de orientar as parlamentares sobre a instalação de Procuradorias da Mulher Municipais e capacitá-las para oferecer um atendimento adequado às necessidades das mulheres. Dessa forma, o programa contribui para a ampliação da rede local de atendimento à mulher, além de incentivar o combate a todas as formas de violência e estimular a participação mais efetiva das mulheres na vida política.

As aulas são disponibilizadas pela Escola da Defensoria Pública do Estado do Paraná e pelo Núcleo de Promoção e Defesa dos Direitos da Mulher da Defensoria. A primeira delas aconteceu de forma virtual ainda nesta sexta-feira (9), com a participação de mais de 100 vereadoras, e teve como tema: “O atendimento, acolhimento e encaminhamento da mulher em situação de violência: a atuação das Procuradorias Municipais da Mulher”. Outros três módulos estão agendados ainda para o mês de abril.

error: