Conheça Sidão Oreiko, vereador eleito pelo DEM com 932 votos

Morador do bairro Residencial 2000 e conhecido pela atuação social em Guarapuava, Sidão diz que pretende criar projetos para a população mais carente da cidade e que está se preparando para assumir o cargo de parlamentar

Morador do bairro Residencial 2000 há 18 anos, Alessandro Jorge Oreiko, o Sidão Oreiko (DEM), foi uma das surpresas das eleições municipais em Guarapuava, somando 932 votos e garantindo uma cadeira na Câmara de Vereadores.

O guarapuavano é conhecido nas redes sociais pelo trabalho social que desenvolve na cidade. Vestido de super-heróis e personagens da cultura pop, ele passou a atender pedidos de pessoas carentes em dezembro de 2017.

À época, relata Sidão ao CORREIO, estava fantasiado de Papai Noel quando uma criança pediu um patinete, que foi viabilizado por meio de uma doação.

Passados alguns dias, ele recebeu a doação de uma cesta básica, e, junto de um amigo, levou para uma mulher que estava precisando dos alimentos. “Pra provar que eu tinha levado, foi ‘batida’ uma foto e a partir dali só foi aumentando”, diz Oreiko, que buscou unir as fantasias com o trabalho social. “A pessoa me chamava por mensagem no Facebook pedindo tal coisa, e eu publicava, conseguia e só encaminhava para pessoa”.

CANDIDATURA
A sua entrada na política partidária foi motivada pela vontade de desenvolver mais atividades voltadas à população carente de Guarapuava. “Eu vi muitas coisas que falei: ‘entrando na política eu posso resolver’”.

Dentro no Legislativo Municipal, Sidão afirma que terá como norte a fiscalização do poder público e a criação de projetos “para esse povo que tanto precisa”, acrescentando que é necessário atender a periferia da cidade.

“Eu vou lutar pelo povo, porque eu sou um empregado do povo. Vou ter que fazer o povo faria se estivesse no meu lugar, fazer as demandas que precisa”, destaca.

Ele também adianta que levará seu gabinete para os bairros, para ouvir as demandas dos moradores. “Eu acho que o mais importante é fiscalizar e legislar dentro da Câmara, porque só depende de você. Mas, a mesma força que eu tinha de pegar a bicicleta, colocar uma cesta na mochila e ir no Jordão levar uma ajuda para a pessoa, é assim que eu quero trabalhar”.

Sidão adianta que levará seu gabinete para os bairros, para ouvir as demandas dos moradores (Foto: Lucas Herdt/Correio)

ESTUDO
Profissionalmente, o vereador eleito trabalhou por sete anos em uma empresa de compensados, desempenhando a função de operador de prensa; depois, passou a atuar como auxiliar de produção numa indústria do mesmo ramo.

Acontece que, com a vitória nas eleições, Sidão optou por pedir demissão para ter tempo de se preparar para o posto de parlamentar. De acordo com ele, é preciso estudar para desenvolver os projetos que tem em mente.

“Eu entendo sobre ajuda do povo. Mas essas partes [relacionadas à legislação] eu tenho que estudar… tenho que entender pra não chegar lá e ficar sem saber. Tenho que saber bem certinho o que vou fazer para melhor auxiliar essas pessoas”, reiterando que será um “funcionário do povo”.

error: O conteúdo é de exclusividade do Correio do Cidadão.