Celso Góes completa 100 dias à frente da Prefeitura de Guarapuava

Em um balanço divulgado pela Secretaria de Comunicação (Secom), são destacados os principais pontos da gestão até o momento, que tem o combate à pandemia da Covid-19 como protagonista

O prefeito Celso Góes (Cidadania) completou 100 dias à frente da Prefeitura de Guarapuava. Em um primeiro momento, foi dado foco à transição da gestão anterior, do ex-prefeito Cesar Silvestri Filho, que governou a cidade entre 2013 e 2020.

De acordo com a administração, em balanço divulgado pela Secretaria de Comunicação (Secom), o Plano de Governo foi mantido e adaptado de acordo com as demandas sociais, econômicas e de infraestrutura que se apresentaram, “com atenção especial à área da saúde” devido à pandemia da Covid-19.

“As ações fundamentais para o desenvolvimento de políticas públicas consideradas possíveis, vão melhorar a qualidade de vida dos guarapuavanos”, diz a administração, citando preocupação com as crianças e as escolas e pondo em pauta os próximos 200 dias do primeiro ano da gestão, “até que esta administração complete os quatro anos governando Guarapuava”.

PANDEMIA
Em meio ao agravamento da crise causada pelo novo coronavírus, foi necessário um ajuste – a nível nacional – das finanças públicas, aumentando os gastos no combate à Covid-19.

De acordo com a Secom, entre as ações de Góes está a sanção de um projeto de lei que autoriza Guarapuava a ingressar no Consórcio Nacional para compra de vacinas. “Além de viabilizar a aquisição das vacinas, o consórcio tem como objetivo facilitar a compra de insumos, medicamentos e equipamentos”, diz.

Para agilizar a aplicação das doses, que começaram a chegar na “terra do lobo bravo” em janeiro, a Prefeitura criou a Central de Vacinação, localizada na praça Cândido Xavier. A tendência é que, nos próximos dias, 20 mil guarapuavanos estejam imunizados.

MEIO AMBIENTE
Entre as mais de dez ações em parceria com outras secretarias e ações isoladas, a Secretaria do Meio Ambiente tem como destaque o Programa Municipal de Resíduos Sólidos, selecionado entre mais de mil projetos de todo o Brasil.

Entre as cinco cidades do Paraná contempladas, Guarapuava recebeu R$ 4,9 milhões, destinados a projetos de modernização e ampliação da coleta e destinação correta de resíduos sólidos, para o qual foram adquiridos oito caminhões compactadores, três caminhões baú para coleta seletiva, um triturador de podas e arvores, 150 contentores e uma balança.

URBANISMO
Na Secretaria de Planejamento e Urbanismo, destaca-se a participação em comissões para definição dos decretos que nortearam a cidade para os cuidados com a Covid-19, análise do contrato do transporte coletivo com o município, e a continuidade do plano de desenvolvimento de Drenagem Municipal da administração anterior.

Também é destacada a análise e acompanhamento da Parceria Público-Privada (PPP) do Parque de Iluminação, com possibilidade de ampliação com elaboração de novos projetos essenciais, e o acompanhamento e direcionamento de obras com recursos do Finisa.

SURG
Segundo a Secom, a Companhia de Serviços de Urbanização de Guarapuava (Surg) recuperou, concluiu e restaurou toda a Manoel Ribas, com recape, sinalização, plantio de flores, pintura de meio fio, placas novas; e fez a compra de equipamentos como novos caminhões de coleta de lixo e a lavagem da Praça 9 de Dezembro, do calçadão da XV e da Saldanha Marinho.

Obra de revitalização da avenida Manoel Ribas (Foto: Ilustrativa/Secom)

OBRAS
A Secretaria de Obras vem atuando na melhoria da infraestrutura da cidade e do interior, com destaque para o programa Pé na Patrola, implantado pelo titular da pasta e vice-prefeito de Guarapuava, Samuel Ribas.

Até o final deste mandato, informa a Prefeitura, será possível alcançar 100% da cidade asfaltada. Nos primeiros 100 dias, a Secretaria fez centenas de ações como patrolamento e cascalhamento, criando estradas novas, compactação de pavimento, desentupimento de bueiros e alargamento de ruas, abrindo estradas principalmente no campo.

AGRICULTURA
A pasta municipal ampliou o programa Vida Rural. Novos projetos foram criados para os agricultores familiares. A Retomada da Feira do Produtor de terça-feira a sábado agora conta com seis locais.

Também foi retomada a Feira Solidária em 13 bairros e três distritos. Além de dar assistência técnica a agricultores familiares, a Secretaria da Agricultura também teve papel fundamental no fornecimento de produtos para a Merenda Escolar, no programa Merenda em Casa.

*******Com informações da Secom

error: O conteúdo é de exclusividade do Correio do Cidadão.