Audiência pública debate a matriz curricular no Ensino Médio

Evento proposto pelo deputado Tadeu Veneri (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da Assembleia Legislativa do Paraná, acontece na sexta-feira (23), às 9h30, com transmissão pela TV Assembleia.

A mudança da matriz curricular do Ensino Médio que reduz a carga horária de sociologia, filosofia e artes e inclui educação financeira é o tema da audiência pública que acontece nesta sexta-feira (23) às 9h30. Este debate é proposto pelo deputado estadual Tadeu Veneri (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da Assembleia Legislativa do Paraná, em parceria com o Coletivo Humanidades. 

Na audiência, os impactos da Instrução Normativa Conjunta 11/2020 serão levantados, especialmente no que se refere à qualidade de ensino e à inviabilização da certificação de conclusão dos alunos, pois a nova matriz não foi aprovada pelo Conselho Estadual de Educação.

Participam autoridades como a professora Edimara Domingues de Oliveira (Coletivo Humanidades), o professor Luiz Fernando Cerri (UEPG pesquisador), Oscar Alves (Conselho Estadual da Educação), Neide Célia Perfeito (Diretoria de Educação da SEED), o defensor público Bruno Muller Silva (Núcleo da Infância e Juventude da Defensoria Pública do Estado do Paraná), o procurador Márcio Teixeira dos Santos (coordenador do CAOP da criança e do adolescente e da educação), Marcela Renatha Crema (estudantes secundaristas), Tais Mendes (APP-Sindicato), entre outros.

A audiência terá transmissão ao vivo pela TV Assembleia, site e redes sociais do Legislativo.

(Reportagem: Alep/com revisão).

error: O conteúdo é de exclusividade do Correio do Cidadão.