Aprovado crédito de R$ 115 mil para trabalho social com famílias de Guarapuava

Conforme o projeto, a medida visa fortalecer a atuação do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica) e dos atores do Sistema de Garantia de Direitos da Criança e do Adolescente, além de contemplar o trabalho social com famílias e prevenir a ocorrência de situações de risco social

A Câmara de Vereadores de Guarapuava votou e aprovou, em segunda discussão, o Projeto de Lei do Executivo número 6/2021, que autoriza a abertura de crédito adicional especial no valor de R$ 115 mil no orçamento do Fundo da Infância e Adolescência (FIA).

Conforme o projeto, a medida visa fortalecer a atuação do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica) e dos atores do Sistema de Garantia de Direitos da Criança e do Adolescente, além de contemplar o trabalho social com famílias e prevenir a ocorrência de situações de risco social.

Com os recursos, serão adquiridos materiais e equipamentos, como notebooks e projetores multimídia, e deverão ser contratadas empresas especializadas, uma para ministrar capacitação e formação, e outra para fornecimento de materiais de publicidade, os quais serão usados para o desenvolvimento de ações junto aos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos nas quatro unidades dos Centro de Referência de Assistência Social (Cras).

“Pretende-se assim estruturar os equipamentos para o desenvolvimento de ações que atendam temáticas como erradicação do trabalho infantil e violência digital/cyberbullying junto a crianças e adolescentes nos territórios de abrangência e comunidades tradicionais, bem como as que vivem em acampamentos, assentamentos ou em deslocamento”, explica a proposição, assinada pelo prefeito Celso Góes.

O plano de destinação da verba foi devidamente apresentado ao Comdica, que aprovou e realizará a fiscalização da execução.

Submetido a votação nominal no plenário na Câmara, o projeto foi aprovado por todos os vereadores.

error: O conteúdo é de exclusividade do Correio do Cidadão.