‘Jogos da volta’ na fase quartas de final estão programados para hoje (20)

Depois da “ida” do mata-mata, que foi disputada na segunda-feira (17), as equipes de Azuriz FC, FC Cascavel, Cianorte FC, Londrina EC, Maringá FC e Operário Ferroviário se enfrentam novamente na “volta”, decidindo quem avança para as semifinais

Salvo alterações em função de decretos municipais no contexto de pandemia, três jogos da fase de quartas de final do Campeonato Paranaense de futebol da 1ª Divisão (temporada 2021) estão programados para esta quinta-feira (20), às 16h.

Depois da “ida” do mata-mata, que foi disputada na segunda-feira (17), as equipes de Azuriz FC, FC Cascavel, Cianorte FC, Londrina EC, Maringá FC e Operário Ferroviário se enfrentam novamente na “volta”, decidindo quem avança para as semifinais.

Em Ponta Grossa, no Estádio Germano Krüger, o Azuriz chega com a vantagem de ter vencido a primeira partida (1 a 0). Basta um empate à Gralha de Pato Branco para se classificar; por isso, o Fantasma precisa da vitória a qualquer custo e por mais de dois gols de diferença para evitar os pênaltis. O clube ponta-grossense avisou que o embate terá transmissão gratuita com imagens e narração pela TV OFEC.

Segundo o site do Operário, o técnico Matheus Costa não pode contar com a presença do atacante Jean Carlo que recebeu dois cartões amarelos e foi expulso no último jogo. No Departamento Médico, seguem em tratamento com a fisioterapia e trabalhos com a preparação física o zagueiro Rafael Bonfim (pós-operatório de lesão no menisco lateral do joelho direito) e o meia Pedro Ken (lesão muscular grau III na posterior da coxa direita). Já o zagueiro Odivan (lesão muscular grau II posterior coxa esquerda), o meia Marcelo (lesão muscular grau II posterior coxa direita) e o volante Leandro Vilela (lesão muscular grau I posterior coxa esquerda) estão em transição com a preparação física. Na última semana, Alex Silva testou positivo para Covid-19 e fica em isolamento por 10 dias até novo exame antes de retornar aos treinos.

Recuperado de lesão na posterior da coxa esquerda, o meia-atacante Rafael Oller retornou aos treinos e está apto para ser relacionado para o time de Vila Oficinas.

Segundo o regulamento, classificam-se à sequência do campeonato os clubes que somarem o maior número de pontos ganhos nesse mata-mata. Mas, caso haja, ao término da segunda partida, igualdade de pontos ganhos, será considerado como primeiro critério de desempate o saldo de gols e, persistindo o empate, serão cobrados tiros livres diretos da marca do pênalti.

OESTE
Já no Oeste do Estado, o FC Cascavel é o franco favorito diante do Maringá FC, no Olímpico Regional. É que, na partida de ida, a Serpente Aurinegra venceu fora de casa e de virada pelo placar de 2 a 1. Portanto, só resta ao Dogão vencer e convencer, por pelo menos dois gols de diferença. Será uma tarefa difícil, pois o Cascavel é o único invicto da competição.

Maringá FC perdeu de virada para o FC Cascavel (uniforme amarelo) na 1ª partida e agora precisa da vitória por dois gols de diferença (Foto: Rodrigo Araújo/MFC)

O treinador do MFC, Jorge Castilho, não poderá contar com o lateral direito Paulinho, expulso na última partida, e com o lateral esquerdo Abel Paredes, que sofreu uma lesão muscular e está em recuperação no departamento médico. Por outro lado, o técnico terá a volta dos meias Danilinho e Brito, que cumpriram suspensão na última partida por conta do terceiro cartão amarelo.

Esse embate entre cascavelenses e maringaenses terá transmissão ao vivo e de graça pela TV Serpente (www.youtube.com/c/FCCascavel/).

E, em Cianorte, o time da casa recebe o Londrina no Albino Turbay. A disputa da vaga está em aberto, pois o primeiro duelo terminou empatado em 1 a 1. Em suma, uma vitória simples classifica uma das equipes. Em caso de empate, decisão na marca da cal. O Cianorte tem feito a transmissão de seus jogos pela Leão do Vale TV.

CRUZAMENTOS
Quem avançar no confronto entre Operário e Azuriz pega o vencedor do embate entre Cianorte e Londrina na próxima fase.

Já da partida Cascavel x Maringá sai o adversário de Athletico x Paraná.

CAPITAL
Até a manhã desta quinta-feira (20), a Federação Paranaense de Futebol (FPF) ainda não havia homologado as datas do mata-mata entre Athletico Paranaense e Paraná Clube, equipes da Capital que definirão uma das vagas da semifinal.

Vale lembrar que o Furacão conseguiu na Justiça a suspensão da primeira partida, que deveria ter ocorrido na segunda-feira (17) contra o Tricolor. O Rubro-Negro alegou que a marcação da data do primeiro clássico desrespeitava o intervalo mínimo exigido pelo Regulamento Geral de Competições Profissionais da FPF, que exige 66 horas entre uma partida e outra.

No entanto, apareceu mais um problema. As alterações no decreto da bandeira laranja anunciadas na terça-feira (18) pela Prefeitura de Curitiba, que limitam atividades não essenciais aos finais de semana, proíbem também a realização de jogos de futebol profissional aos sábados e domingos. O novo decreto entrou em vigor nesta quarta-feira (19) e tem validade até o dia 26 de maio.

Agora, segundo o site Um Dois Esportes, há a chance de o primeiro jogo do mata-mata acontecer na segunda-feira (24), na Vila Capanema.

error: