2º jogo do mata-mata na Divisão de Acesso vale vaga na final e acesso à 1ª Divisão 2021

As equipes de Maringá FC, Apucarana Sports, Azuriz FC e Araucária EC entram em campo nesta quarta-feira (25) para definir quem avança para a grande final do Campeonato Paranaense da 2ª Divisão 2020. Os duelos são Maringá x Araucária e Apucarana x Azuriz

Sem sombra de dúvida, esta quarta-feira (25 novembro) é o dia mais importante na temporada de 2020 para Maringá FC, Apucarana Sports, Azuriz FC e Araucária EC.

O segundo jogo do mata-mata das semifinais definirá os dois times que farão a grande final do Campeonato Paranaense da 2ª Divisão (ou Divisão de Acesso).

Mais do que isso: os times finalistas estarão garantidos na elite do futebol paranaense em 2021. Ou seja, a rodada de quarta-feira definirá o acesso à 1ª Divisão.

Desse quarteto, o Dogão da Cidade Canção (que já foi Zebra) é o que tem mais chances de carimbar a vaga na final e o passaporte para voltar à Primeirona. Fundado em 2010, o MFC (antigo Grêmio Metropolitano) já frequentou a elite, tendo sido inclusive vice-campeão em 2014, numa “final caipira” contra o Londrina Esporte Clube (LEC).

Voltando ao presente, o Tricolor saiu na frente no primeiro jogo da semifinal, no último domingo (22). Em Campo Largo, o Maringá fez 1 a 0 no Araucária. E, agora, pode até empatar no Estádio Regional Willie Davids, às 15h30 desta quarta, que se garante na decisão da competição. Segundo o regulamento, o Cacique precisará vencer para se igualar em pontos com o adversário; e também fazer saldo de gols, se não quiser decidir nos pênaltis a tão sonhada vaga.

Pelo histórico, o Dogão tem mais tradição. Esta é a quinta participação do Tricolor na segunda divisão estadual e se tornou a melhor campanha da história do clube, com 86,6% de aproveitamento. Em 10 jogos, o MFC venceu oito partidas e empatou duas, além de ter a melhor defesa com apenas quatro gols sofridos.

Por sua vez, o Araucária está em seu debute na 2ª Divisão. É um clube recente, pois fundado em 2018. Mas tem uma trajetória de ascensão meteórica no futebol profissional: em 2019, disputou a 3ª Divisão e subiu por meio de convite; e, em 2020, é um dos semifinalistas da Segundona. Caso dê tudo certo neste ano, o Cacique teria um acesso por ano.

Maringá FC, Araucária EC, Apucarana Sports e Azuriz FC tentam vaga na grande final da Segundona 2020 e o tão sonhado acesso (Foto: Montagem/Assessorias)

ABERTO
Do outro lado, decisão em aberto. Apucarana e Azuriz chegam ao segundo jogo da semifinal com a mesma pontuação (1 pt para cada) e idêntico saldo de gols (zero).

A vantagem do Dragão do Norte é fazer a partida de volta em seus domínios, nesta quarta-feira (25), às 15h30, no Estádio Mun. Olímpio Barreto (o antigo Bom Jesus da Lapa).

No entanto, o Azulão do Sudoeste promete ser osso duro de roer. Ele foi melhor no primeiro jogo e poderia ter saído com a vitória.

Aliás, o Azuriz também é uma equipe nova em ascensão. Fundado em 2017, disputou a 3ª Divisão de 2019 pelo município de Marmeleiro. Graças a convite, passou para a 2ª Divisão e se mudou para Pato Branco em 2020.

Maringá (uniforme branco) tem a vantagem do empate para o segundo jogo da semifinal (Foto: Rodrigo Araújo/MFC)
error: O conteúdo é de exclusividade do Correio do Cidadão.