Vendas no varejo ampliado devem cair quase 5% no quarto trimestre

Neste ano, as vendas devem registrar uma retração de 9,35%, diz IBEVAR

As vendas do varejo ampliado devem cair 4,89% entre o terceiro e quarto trimestre do ano, de acordo com projeções da pesquisa Intenção de Compra, do Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo (IBEVAR). No ano, as vendas desse segmento, que incluem material de construção e automóveis, devem registrar uma retração de 9,35% na comparação com o mesmo período de 2019.

Segundo o economista e presidente do IBEVAR, Claudio Felisoni de Angelo, o que explica esse resultado são fatores como o aumento do desemprego, queda da massa real de pagamentos e incerteza em relação ao futuro imediato.

“Embora o resultado global seja de uma retração significativa das vendas, há registro de aumentos em alguns setores. Por outro lado, não se pode deixar de assinalar que o recuo estimado é menor do que aquele previsto até o final do terceiro trimestre, queda de 9% em 2020″, explicou.

error: O conteúdo é de exclusividade do Correio do Cidadão.