IRPF: Na reta final, 15,7 mil contribuintes já declararam em Guarapuava

Para os contribuintes que ainda não fizeram a entrega é importante que reúnam os documentos necessários e não deixem para realizar o cumprimento da obrigação na última hora, pois a possibilidade de cometimento de erros é maior

O acerto de contas com o Leão está na reta final. Os contribuintes do país têm até o próximo dia 31 de maio para a entrega da Declaração do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física.

Em Guarapuava, a previsão do número de declarações a serem entregues é 30.123. Mas até esta quarta-feira (12 maio), foram entregues 15.789. Ou seja, pouco mais da metade. As informações são da Receita Federal de Guarapuava.

Para os contribuintes que ainda não fizeram a entrega é importante que reúnam os documentos necessários e não deixem para realizar o cumprimento da obrigação na última hora, pois a possibilidade de cometimento de erros é maior. Facilitando ainda mais o acesso do cidadão às informações, a Receita Federal disponibiliza diversos serviços que podem ser obtidos sem sair de casa. Acessando o e-CAC com uma conta gov.br, o cidadão tem acesso, por exemplo, aos seus comprovantes de rendimentos informados em DIRF pelas fontes pagadoras, à cópia da última Declaração de Imposto de Renda entregue e à Declaração Pré-Preenchida.

Após a entrega da declaração é de grande importância o acompanhamento do processamento, eventuais erros estarão indicados para correção espontânea antes do início do procedimento fiscal.

Conheça as principais causas de incidência em malha:

  • Omissão de rendimentos próprios ou de dependentes;
  • A totalidade dos rendimentos recebidos pelo contribuinte devem ser informados na declaração, como rendas de aluguel, de trabalho temporário, pensão, e quando o dependente possuir rendimentos estes devem ser computados;
  • Lançar despesas médicas sem comprovantes;
  • Não há limite para a dedução de despesas médicas, mas todos os gastos devem ser devidamente comprovados. Gastos com medicamentos só são dedutíveis se forem incluídos na nota fiscal emitida pelo hospital;
  • Erros de digitação;
  • Por mais que a declaração permita a importação de informações algumas precisam ser digitadas manualmente podendo acontecer erros, sendo muito importante a conferência antes da transmissão.

PARANÁ
A Receita Federal recebeu, até as 11 horas desta quarta-feira (12), 19.267.364 declarações do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) 2021, ano-base 2020. Das quais, 60.714 foram entregues com certificado digital.

No Paraná foram entregues 1.207.680 declarações de um total esperado de 2.120.000 declarações.

O sistema de recepção de declarações da Receita funciona 20 horas por dia. Fica indisponível somente na madrugada, entre 1 hora e 5 horas. No site do órgão, há conjunto de informações completas sobre como preencher corretamente o documento, além das regras sobre o que pode ser utilizado como deduções.

Quanto antes entregar a declaração mais rápido o contribuinte receberá a restituição. Estando obrigado à apresentação da declaração e não fazendo no prazo previsto estará sujeito a multa.

Para mais informações, acesse o link https://www.gov.br/receitafederal/pt-br/assuntos/meu-imposto-de-renda.

error: