Energisa entrega nova subestação e linha de distribuição para o município de Guarapuava

É a primeira subestação construída pela empresa na cidade. Esse importante projeto faz parte dos mais de R$ 190 milhões que a empresa investiu em 2020 em toda sua concessão. Os empreendimentos foram finalizados em janeiro de 2021

A primeira subestação (SE) de energia da Energisa Sul-Sudeste no município de Guarapuava está pronta e em operação: a SE Guarapuava II. Além da nova SE, a distribuidora também finalizou a construção da linha de distribuição de alta tensão de 138 mil volts. Os dois empreendimentos representam um investimento de mais de R$ 12 milhões da distribuidora no município, beneficiando mais de 60 mil clientes. Os investimentos realizados na cidade fazem parte do pacote de mais de R$ 190 milhões que a empresa realizou em 2019 nos 82 municípios atendidos no interior de São Paulo, sul de Minas Gerais e Guarapuava (PR). Importante também destacar que já são cerca de R$ 1 bilhão investidos desde 2014, quando a Energisa Sul-Sudeste assumiu a concessão.

A SE Guarapuava II está localizada no bairro Conradinho. Ela tem a capacidade de dar continuidade no fornecimento de energia caso alguma ocorrência afete as subestações atuais que atendem a cidade. “A nova subestação conta com equipamentos modernos e operação automatizada, que possibilita realizar alguns procedimentos de forma remota diretamente do Centro de Operação da Energisa Sul-Sudeste. Esse é o maior investimento elétrico já realizado em toda a história de Guarapuava. Atualmente, a cidade conta com duas subestações que pertencem a Copel”, destaca Rodrigo Brandão Fraiha, diretor Técnico e Comercial da Energisa Sul-Sudeste.

Já a nova linha de distribuição de 138 mil volts tem 4,2 km de extensão e passa pelos bairros Conradinho, Bonsucesso e Vila Carli, interligando a subestação Guarapuava II ao sistema elétrico da cidade, ou seja, uma nova alternativa de distribuição de energia e um grande reforço energético para o município.

Ainda é importante destacar que as obras seguiram as mais modernas técnicas de construção e todos os protocolos existentes na legislação ambiental e nas normas de segurança. Elas ainda abrem as portas para que o município receba novos empreendimentos, gerando emprego e ampliando o poder econômico.

INDICADORES DE QUALIDADE
Os investimentos históricos realizados pela companhia têm contribuído com a qualidade do fornecimento de energia. Com relação aos indicadores de qualidade do fornecimento, por exemplo, o DEC (Duração Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora) foi de 4,95 horas do total de horas em 2020 – uma redução de 14% em relação ao período a 2019 – e o FEC (Frequência Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora) foi de 4,3 vezes, o que representa uma melhora de 2,5%.

Além da qualidade, os investimentos contribuem para o desenvolvimento das regiões e a geração de empregos. “O cenário atual é um novo desafio para o setor elétrico. Por isso, temos a prioridade de oferecer um serviço cada vez melhor aos clientes, garantindo uma oferta de energia permanente e segura, levando bem-estar à população. Elas contribuem de maneira significativa para desenvolvimento econômico e social, sendo de extrema importância para os todos os nossos consumidores, incluindo indústrias, comércio e poder público”, finaliza Gabriel Alves Pereira Junior, diretor-presidente da Energisa Sul-Sudeste.

error: O conteúdo é de exclusividade do Correio do Cidadão.