Acig emite comunicado sobre novas medidas de enfrentamento à Covid-19

“É fundamental que todos, clientes, empregados e empregadores respeitem o uso obrigatório de máscaras, façam a aferição de temperatura, a higienização constante das mãos com álcool gel, mantenham o distanciamento social e evitem aglomerações”, diz trecho do comunicado

Abaixo, confira a íntegra do comunicado encaminhado pela Acig à imprensa de Guarapuava, nesta sexta-feira (26 fevereiro):

“Em conformidade com o novo decreto vigente do Governo do Estado do Paraná e da Prefeitura Municipal de Guarapuava, a Associação Comercial e Empresarial de Guarapuava (Acig) informa aos seus associados que estão suspensos os SERVIÇOS E ATIVIDADES NÃO ESSENCIAIS até a data de 8 de março.

Entretanto, a entidade aconselha que os serviços internos das empresas poderão funcionar somente para recebimentos, 1) com as portas fechadas; 2) mediante agendamentos e atendimento individual e 3) sem filas, seguindo todas as recomendações de segurança.

Outro ponto de destaque é que qualquer tipo de comercialização, durante esse período, deverá acontecer apenas no modo delivery, drive-thru e take away (retirar no balcão), não sendo permitido nenhum tipo de venda dentro dos estabelecimentos.

É fundamental que todos, clientes, empregados e empregadores respeitem o uso obrigatório de máscaras, façam a aferição de temperatura, a higienização constante das mãos com álcool gel, mantenham o distanciamento social e evitem aglomerações.

É preciso ter ciência de que, na falta de comprometimento integral dessas medidas, todos sofrerão restrições do poder público, agravando ainda mais os reflexos econômicos já sentidos pela classe.

No enfrentamento ao novo coronavírus, todos devem assumir a posição de fiscalizadores, mantendo, sobretudo, a empatia e amor ao próximo.

Procurando entender melhor essa situação, nossos diretores buscaram o diálogo com a Prefeitura Municipal de Guarapuava para que a entidade, também, some-se na busca de alternativas para amenizar esse momento que estamos passando. Assim, na quarta-feira (3 de março), mediante estudo da curva de contaminação do município, serão reavaliadas as medidas restritivas.

Ainda, conforme o decreto do Governo do Estado do Paraná, n. 6983, art. 5º, com data de 26 de fevereiro de 2021, apenas os serviços essenciais podem funcionar durante esse período de restrição.

Contamos com a colaboração de cada um para que tenhamos dias mais seguros.”

error: O conteúdo é de exclusividade do Correio do Cidadão.