Confira indicações de podcasts na área cultural

No Brasil, a chamada “podosfera” tem crescido exponencialmente e se diversificado, atraindo a atenção de tradicionais veículos de comunicação (jornais, emissoras de rádio e TV etc.) para a produção de programas

A famosa “conversa ao pé do ouvido” vem ganhando nova dimensão nos últimos tempos, desde que o podcast se tornou uma ferramenta cada vez mais onipresente no dia a dia. Muita gente diz que é o rádio do futuro.

A principal vantagem do podcast é de ser um programa de áudio sob demanda, ou seja, pode ser ouvido a qualquer momento e do jeito que o ouvinte quiser.

No Brasil, a chamada “podosfera” tem crescido exponencialmente e se diversificado, atraindo a atenção de tradicionais veículos de comunicação (jornais, emissoras de rádio e TV etc.) para a produção de programas. Segundo dados do relatório State of the Podcast Universe, publicado pela Voxnest, o Brasil lidera o ranking de países onde a produção de podcasts mais cresceu desde o início de 2020.

Nesta edição do CORREIO, confira abaixo uma lista de podcasts indicados para quem curte opções culturais. Todos foram acessados e testados pela equipe do #curta!.

QUADRINHOS
Com mais de 100 episódios no ar, o “Confins do Universo” é talvez o melhor conteúdo sobre quadrinhos na podosfera brasileira. Comandada pelo editor Sidney Gusman, o Sidão, a equipe do programa sempre tem informações preciosas e curiosidades sobre a Nona Arte, em episódios temáticos que vão ao ar toda a semana. Bom humor, leveza e conhecimento.

O mais recente é o 116, cujo tema é “Judas Dançarino! Os novos rumos da Bonelli”. Os episódios podem ser ouvidos no site Universo HQ (http://universohq.com/) ou em plataformas de streaming musical (caso de Deezer e Spotify).

Produzido pela equipe do site Universo HQ, “Confins do Universo” tem como foco a Nona Arte (Foto: Divulgação)

LIVROS
A revista de livros Quatro Cinco Um mantém duas propostas de podcast bem atraentes para quem gosta de ler e ouvir sobre literatura.

O “451 MHz” traz entrevistas sobre grandes livros e grandes autores. Por exemplo, em um deles (“E agora, Drummond?”), o biógrafo Humberto Werneck falou sobre a poesia do poeta Carlos Drummond de Andrade.

Já o “Vinte Mil Léguas” apresenta a ciência através dos livros, lê os cientistas como escritores. É publicado às segundas-feiras, nos principais tocadores, caso do Tune In.

POP
Publicado semanalmente às quintas-feiras, o “Expresso Ilustrada” é o podcast de cultura da Folha de S.Paulo, um jornal que tem investido em diversas áreas do conhecimento (política, atualidades etc.) em sua produção em áudio.

Como o nome diz, esse programa é a versão em mídia sonora do caderno Ilustrada. Os temas giram em torno de matérias que foram destaque no jornal. O mais recente foi sobre os bonecos (Louro José, entre outros) que marcaram a TV brasileira.

O “Expresso Ilustrada” está disponível em todas as plataformas: Spotify, iTunes, Deezer Google Podcasts, Castbox e Stitcher.

Universo musical é um dos temas abordados pelo “Expresso Ilustrada”, em produção da equipe da Folha (Foto: Ilustrativa/Unsplash)

OUTROS
Na área musical, a indicação é do “G1 Ouviu”, programa produzido pelo portal G1, com a carreira de artistas, lançamentos, resenhas etc.; e “Tenho Mais Discos Que Amigos!”, com o noticiário das bandas brasileiras e internacionais, novidades sobre álbuns e turnês, análises sobre discografias dos principais artistas e entrevistas.

Para a galera do cinema, a dica é o “Cinemático”, que tem resenhas sobre os últimos lançamentos no cinema, na televisão e nas plataformas de streaming.

Tem também a Orelo, que é uma plataforma própria (com acesso por app de smartphone). Seu catálogo é diversificado e tem, por exemplo, uma batelada de opções em entretenimento.

E, para fechar, a Rádio Novelo, uma produtora de podcasts que desenvolve projetos próprios e em parceria. Um dos destaques recentes é a série documental “Praia dos Ossos”, que dá foco ao caso Ângela Diniz.

error: O conteúdo é de exclusividade do Correio do Cidadão.