Unicentro tem 35 cursos estrelados na avaliação do Guia da Faculdade

Para a avaliação, Guia da Faculdade, Quero Bolsa e Estadão ouviram mais de 9 mil professores universitários. Eles foram convidados a dar sua opinião sobre a qualidade dos cursos superiores oferecidos em todos os estados do Brasil

A Quero Educação e o jornal O Estado de S. Paulo divulgaram o resultado do Guia da Faculdade, que avalia a qualidade dos cursos superiores do Brasil. A Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro) teve 35 dos seus cursos estrelados.

Segundo o diretor de Avaliação Institucional da Unicentro, Angelo Marafon, “a universidade sempre gosta de participar desse tipo de processo avaliativo” por ser “muito importante na sua divulgação, na captação de alunos e na exposição das atividades da Unicentro, uma vez que essa avaliação é realizada por pares, ou seja, por pessoas do meio universitário e pessoas conhecedoras dos cursos e da realidade das universidades brasileiras”.

Para a avaliação, Guia da Faculdade, Quero Bolsa e Estadão ouviram mais de 9 mil professores universitários. Eles foram convidados a dar sua opinião sobre a qualidade dos cursos superiores oferecidos em todos os estados do Brasil. A partir disto, criou-se um selo de qualidade, posicionando as graduações em diferentes faixas, de acordo com as notas dadas pelos especialistas.

De acordo com o reitor da Unicentro, professor Fábio Hernandes, ter 35 cursos estrelados “demonstra a qualidade, o reconhecimento e o esforço dos acadêmicos e professores destes cursos e mostra, mesmo com um orçamento bastante reduzido, o que a nossa Unicentro possui e que a sua comunidade se empenha muito – seus professores, acadêmicos e agentes trabalham em prol de uma universidade ainda melhor, cursos ainda mais bem reconhecidos e estruturados. Então, para a Unicentro é uma satisfação, uma alegria bastante grande possuir seus cursos reconhecidos pelo Guia da Faculdade”, avalia.

Ainda segundo o reitor, a participação da Unicentro nestes processos avaliativos faz com que se tenha “uma ideia dos pontos fortes dos cursos, dos pontos que necessitamos melhorar e também sabemos que o Guia da Faculdade é um instrumento que tem visibilidade em todo território nacional e é aí que a nossa Unicentro, com certeza, passa a ser ainda mais conhecida no nosso país”, defende.

CONCEITO
Entre os 35 cursos estrelados, dez receberam conceito 4, que são os cursos considerados muito bons pela avaliação: Agronomia, Ciências Biológicas – bacharelado e licenciatura, Ciência da Computação, Educação Física – bacharelado, Enfermagem, Engenharia Florestal, Filosofia, Fonoaudiologia e História.

Para o chefe do Departamento de Agronomia, professor Luiz Henrique Ilkiu Vidal, a avaliação demonstra que um bom trabalho está sendo realizado, “garantindo a premissa da Unicentro de ser uma universidade pública, gratuita e de qualidade”. Além de permitir que “pessoas de fora da universidade possam, então, medir, mensurar e comparar com outras instituições o trabalho que vem sendo realizado aqui. É uma prova que estamos no caminho certo, preparando o curso para desempenhar da melhor forma possível o seu objetivo: formar profissionais preparados, competentes para desempenhar as suas funções no mercado de trabalho”, completa o professor.

MERCADO
Já para a professora Fabiana Schmidt Bandeira Peres, chefe do Departamento de Engenharia Florestal, esse tipo de avaliação ajuda a entender se o que está sendo oferecido na academia “está coerente com o que o mercado de trabalho necessita”.

De acordo com a chefe do Departamento de Enfermagem, professora Alexandra Bittencourt Madureira, essa avaliação gera um “reconhecimento nacional” e “tem uma importância interna para o curso, pois a partir do resultado dessa avaliação se pode fazer uma reflexão das potencialidades e necessidades de maior investimento público, visando sempre a melhor formação”. A publicação da avaliação e o bom desempenho da universidade atrai novos acadêmicos, segundo a docente, “pois muitos estudantes buscam resultados das avaliações das instituições e dos cursos para concorrer à vaga de vestibular e do Sisu. Quando temos uma boa nota, como neste ano, com quatro estrelas, nossa visibilidade cresce em todo país” finaliza.

***********Texto e informações: Coorc

error: O conteúdo é de exclusividade do Correio do Cidadão.