Sindicato Rural e Senar-PR oferecem novo curso sobre MIP de morango

O pré-requisito para participar da atividade – que ainda tem vagas disponíveis – é ter uma área com produção de morangos para realizar o monitoramento – estufa ou campo

O curso técnico focado no Manejo Integrado de Pragas (MIP) na cultura de morango, promovido pelo Sistema Faep/Senar-PR e pelo Sindicato Rural de Guarapuava, ainda está com vagas disponíveis. 

A instrutora Karina Caparroz, que já ministrou outros cursos sobre a cultura na região, será a responsável pela atividade, que deve ocorrer de 18 de janeiro a 15 de fevereiro.

De acordo com a entidade sindical e o Senar-PR, devido ao momento de pandemia da Covid-19, as turmas terão de oito a 12 participantes, podendo estar presente apenas uma pessoa por propriedade. 

O pré-requisito para participar é ter uma área com produção de morangos para realizar o monitoramento – estufa ou campo.

Ao longo de uma carga horária de 24h, 16h serão dedicadas ao conteúdo teórico, na sede do sindicato, e outras 8h a atividades práticas, com cada aluno realizando o MIP em sua área de morango, tanto com acompanhamento da instrutora quanto individualmente.  

PRAGAS

Responsável pela área de hortifruti da Faep, a agrônoma Vanessa Reinhart explica que existem mais de 20 pragas que atacam o cultivo. 

No seu ponto de vista, a nova capacitação é importante para mostrar ao produtor uma visão de manejo de pragas que inclui não só uma nova forma de utilizar defensivos, reduzindo seu uso, mas também outras alternativas – o que, segundo afirma, possibilita redução de despesa naquela tarefa.

“Ele [o produtor] vai fazer uma economia na propriedade, vai gastar menos com produto [defensivo], vai saber reconhecer o que é que é uma praga, quais são os organismos que estão ali beneficiando a cultura dele, e, reconhecendo essa praga, vai poder determinar qual vai ser o momento em que realmente precisa entrar com uma medida de controle. Ele vai conhecer todos os outros métodos alternativos, toda a parte de manejo da cultura, de controle biológico”, afirma.

SERVIÇO

Para mais informações, basta entrar em contato com o Setor de Mobilização de Cursos do Sindicato Rural de Guarapuava nos telefones  (42) 3623 1115 ou (42) 9 9961 7964, de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h30 e das 13h às 17h30 – falar com Mery Ribas. 

O Sindicato Rural de Guarapuava está situado na rua Afonso Botelho, 58, no Trianon.

******Com informações da assessoria do Sindicato Rural de Guarapuava

error: O conteúdo é de exclusividade do Correio do Cidadão.