Feira do Produtor é retomada em Guarapuava

A feira possui uma variedade de itens que vão desde artesanato até frutas, verduras, queijos, pães e bolos

Os produtos fresquinhos, direto do campo, estão voltando para a mesa dos guarapuavanos. Nesta semana, a Feira do Produtor retomou normalmente as atividades mantendo todas as medidas de saúde para garantir a segurança da população.

“Nosso cuidado está sendo a pandemia, mas sabemos que a economia e a agricultura precisam continuar funcionando. Assim, os consumidores podem ficar tranquilos porque as Feiras seguirão funcionando, mantendo o distanciamento, higiene das mãos e o controle de entrada”, declarou o prefeito de Guarapuava, Celso Góes.

Com a nova gestão, as Feiras do Produtor seguem cumprindo a promessa de oferecer mais oportunidades de negócios para os agricultores locais. O secretário de Agricultura, Itacir Vezzaro, ressalta os propósitos para este ano.

“O projeto para este ano é incentivar as pessoas a voltarem a frequentar as Feiras e conhecerem os produtos. Este é um trabalho que estamos fazendo juntamente com a diretoria da Associação dos Feirantes e os coordenadores das Feiras, pois são sete Feiras que acontecem de segunda a domingo. Vamos trabalhar também junto ao agricultor para aumentar o número de feirantes e a diversificação da produção. São produtos colhidos pela manhã e comercializados à tarde, garantido assim a qualidade da produção. Além de reforçar a integração familiar, porque produzem e comercializam juntos”, salienta.

As Feiras também contribuem para que o êxodo tenha efeito contrário em Guarapuava. São famílias voltando para o campo com uma fonte de renda a mais. A Eliane e o Pedro Pazinato vendem os alimentos desde o início do projeto. O casal, que mora no distrito do Guairacá, encontrou uma forma pra manter as atividades da propriedade.

“A Feira nos ajuda bastante! É uma renda a mais que temos, já que passamos o produto direto para o consumidor. Nossa propriedade é de porte médio, então aproveitamos para cultivar bastante e entregar tudo fresquinho para os clientes”, contou.

Quem conhece sabe que o diferencial das Feiras, além dos preços, é a variedade de itens que vão desde artesanato até frutas, verduras, queijos, pães e bolos. A Dona Valdomira Queiroz Dziubatie é uma cliente assídua na feirinha da Santana, junto com o filho Jurandir comprova a qualidade. “A gente se criou na roça, lá no interior de Prudentópolis, e sabe o que é bom”, afirmou.

CONFIRA O CRONOGRAMA:

  • Terça- feira: Bairro Santana

Paróquia Santana – Av. Rosa Lustosa de Siqueira, 1104.

  • Quarta- feira: Bairro Vila Bela

Paróquia Divino Espírito Santo – Rua Francisco Demário, 405.

  • Quinta-feira: Bairro Vila Carli

Paróquia São João Bosco – Rua Padre Honorino João Murano, 208, Vila Carli.

  • Bairro Santa Cruz

Paróquia Santa Cruz – Rua Salvatore Renna, 961, Santa Cruz

  • Sexta-feira: Bairro Xarquinho

Rua João Keller, s/n – Bairro Industrial – Espaço Cidadão

  • Sábado: Centro

Rua XV de Novembro – em frente a loja Pernambucanas

  • Bairro São Cristóvão

Avenida Manoel Camargo, lateral da Igreja Santos dos Anjos.

error: O conteúdo é de exclusividade do Correio do Cidadão.